Depois do empate sem gols com o Goiás nesse domingo, no Serra Dourada, pelo Campeonato Brasileiro, o Atlético-MG volta as suas atenções novamente para a Copa Sul-Americana. Na quarta-feira, às 21h30, no Independência, o Galo decide uma vaga nas quartas de final do torneio contra o Botafogo. E apesar de o clube ter aberto uma vantagem no duelo de ida, no Rio, ao vencer por 1 a 0, o discurso dos jogadores é de sufocar os cariocas no Horto.
‘Esse jogo vai virar, eu quero ser o vencedor!’
⬇ Não perca Atlético-MG x Botafogo! ⬇
Acredite na virada AO VIVO e DE GRAÇAComo assistir Atlético-MG x Botafogo ao vivo pela Copa Sul-Americana
O volante Elias, por exemplo, assegurou que ninguém no elenco pensa em administrar a vantagem em Belo Horizonte. “A gente sabe, é outro jogo, com outras características. Com certeza a torcida vai lá nos apoiar, nos incentivar. Não vamos segurar o resultado, vamos jogar para cima, para a gente sair vencedor”.
O zagueiro Igor Rabello entende que a vantagem do Atlético é pequena. Justamente por isso, o time precisa ser agressivo contra o Botafogo. “Acho que a gente tem que ir pra cima, não tem nada decidido ainda, temos que entrar com foco total. É muito importante a Sul-Americana”.
Embora tenha evitado falar da postura que o Atlético adotará contra o Botafogo, o técnico Rodrigo Santana reforçou o discurso de que o placar da ida não permite “acomodação”.
“Vamos agora para um mata-mata contra o Botafogo no qual o resultado ainda está em aberto. Não conseguimos abrir uma grande vantagem, até tivemos uma grande chance, mas não conseguimos. A equipe do Botafogo também é muito forte. Precisamos estar preparados para o jogo de quarta-feira”, declarou.
Atlético precisa de um empate para avançar às quartas de final da Sul-Americana.
O único resultado que pode levar a decisão para os pênaltis é um triunfo do Botafogo por 1 a 0. Como o gol fora de casa é critério de desempate na Sul-Americana, o Botafogo se classificará caso construa outros placares com a vantagem de ao menos um gol, como 2 a 1, 3 a 2 e daí por diante.
Fonte: Superesportes