Passada a derrota por 3 a 2 para o Fluminense, de virada, o Botafogo já volta as suas atenções para o confronto com o Bangu, neste domingo, às 16h (de Brasília), em Moça Bonita, no Rio de Janeiro (RJ), pela quarta rodada da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca. O duelo vai marcar o reencontro do atacante uruguaio Loco Abreu, atualmente no time banguense, com o Glorioso, onde foi ídolo.

Loco Abreu foi contratado pelo Botafogo em 2010, com o time vindo de três perdas de finais do Campeonato Carioca diante do rival Flamengo. Naquele mesmo ano, a resposta do Glorioso ao arquirrival foi em grande estilo, com o caneco vindo com uma cavadinha em cobrança de pênalti de Loco, que reconhece o desejo de voltar ao Botafogo.

“Vai ser um jogo especial, pois o Botafogo é um clube que me marcou muito e pelo qual tenho grande carinho. Tenho certeza de que vou voltar um dia. Mas agora o meu pensamento está no Bangu”, disse Loco, que pelo Botafogo marcou 63 gols em 106 duelos disputados.

O jogador uruguaio é motivo de preocupação pelos lados de General Severiano.

“O Loco Abreu é um atacante de grande qualidade técnica, muito inteligente e que sabe o que fazer com a bola nos pés. Isso para não falar de sua qualidade na jogada aérea. Vamos precisar de muito cuidado e de muita atenção não só com ele, logicamente, mas com todo o time do Bangu. O ideal é que ele não tenha liberdade para poder finalizar ou que a bola não consiga chegar até os seus pés. Nossos jogadores sabem muito bem disso”, afirmou o técnico Jair Ventura.

Fonte: ESPN.com.br