O Brasileirão 2016 se encerrou no último domingo (11), e com ele surgiu estatísticas finais sobre o desempenho das equipes e atletas durante toda competição. E, segundo dados do site Meu Footstats, Sassá, do Botafogo, foi o jogador que mais sofreu penalidades nesta edição, QUATRO.

Número que representa mais da metade dos pênaltis recebidos por sua equipe, que foram seis no total.

A última falta recebida por Sassá dentro da área originou o gol da vitória do Botafogo sobre o Internacional por 1×0, no estádio Luso-brasileiro, pela 30ª rodada do Brasileirão.

Gabriel Jesus (Palmeiras), Kieza (Vitória), Lucas Fernandes (Atlético-PR) e Richarlison (Fluminense) aparecem na sequência, ambos com três faltas sofridas.

O Campeonato Brasileiro 2016 também foi a edição com mais penalidades marcadas nas últimas quatro temporadas, assim como apurou o Globoesporte.com, com 103 pênaltis assinalados. O Vitória foi o time mais favorecido, oito vezes.

Flamengo, Fluminense, São Paulo e Chapecoense ficaram empatados, com sete penalidades recebidas durante todo o Brasileirão. Já a equipe mais infratora foi a Chapecoense, em 11 oportunidades.

Fonte: Torcedores.com