Secretário de Obras admite: ‘Fechar o estádio é uma vergonha’

Compartilhe:

Após técnicos divulgarem o diagnóstico para o problema do Engenhão, o secretário municipal de Obras do Rio, Alexandre Pinto, não poupou palavras para expressar o sentimento com a decisão de manter o estádio fechado por, no mínimo, mais 18 meses.

– Fechar um estádio deste em tão pouco tempo é uma vergonha para todos – admitiu Pinto.

Um dos integrantes da Comissão de Acompanhamento que identificou as causas do problema no Engenhão, o engenheiro Sebastião Andrade, seguiu a mesma linha de raciocínio do secretário e classificou o estádio como “um doente”.

O engenheiro destacou que a interdição evitou uma tragédia no Engenhão e baseou sua opinião após apresentar imagens de diversas peças da cobertura que estavam comprometidas. Segundo Andrade, o “sistema está pedindo ajuda”.

– A comissão decidiu que não se pode deixar deste jeito, é preciso recompor – disse Andrade.

Atual gestor do estádio, o Botafogo disse que ainda não vai se manifestar sobre o caso.

Fonte: Lancenet!

Comentários