Seedorf faz um ano no Bota e garotada cresce com o craque

Compartilhe:

Em 30 de junho de 2012, o sonho virou realidade. Seedorf assinou contrato com o Botafogo e o LANCE!Net deu a informação em primeira mão às 19h10 daquele dia. Minutos depois, o próprio clube divulgou a contratação. A data, tão marcante, completa um ano neste domingo e o L!Net inicia aqui uma série de sete reportagens especiais sobre o camisa 10. Até sábado, quando o desembarque do craque no Rio de Janeiro fará exatamente um ano, será publicado um capítulo por dia.

No primeiro texto, nada mais justo do que se aprofundar naquele que foi considerado pelo presidente do Botafogo, Mauricio Assumpção, como o maior legado de Seedorf neste um ano: o crescimento da garotada da base. Quando o meia chegou ao clube, havia 12 crias da base entre 26 profissionais. Agora, o número aumentou para 17 entre 34 jogadores do elenco, o que representa 50% do grupo. O clube passou a promover mais, incentivando o contato das promessas com o maestro holandês.

– Se temos tantos jogadores da base no grupo, Seedorf tem uma importância grande. Ele dá suporte para que os jovens possam jogar no profissional o mesmo futebol que apresentavam na base. Vitinho, Dória, Gabriel e Jadson cresceram. E os meninos que estão chegando agora, como Gegê, Octavio e Sassá, têm muito a ganhar – disse Mauricio Assumpção.

Entre os mais beneficiados pelos conselhos de Seedorf, Dória apontou uma evolução dele após as “aulas”.

– Ele dá dicas até para pegar na bola. Já senti evolução na batida. Um dia, ele veio falar comigo sobre o meu posicionamento para bater na bola e discordei. Ele conversou muito comigo. Depois, quando parei para pensar no que ele estava pedindo, vi que era melhor seguir o conselho.

PRÓXIMO CAPÍTULO

Descubra como Seedorf se utiliza da psicologia para motivar e unir todos pela vitória.

Fonte: Lancenet!

Comentários