O Botafogo estreia na fase de grupos da Copa Libertadores 2017 nesta terça-feira (14), diante do Estudiantes, da Argentina, em duelo que será disputado às 21h (horário de Brasília), no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro. E para o duelo, o técnico Jair Ventura terá de fazer ao menos uma mudança, já que o lateral direito Jonas está vetado pelo departamento médico.

Jonas sofreu uma torção no joelho, precisará por uma operação no local e será desfalque do Botafogo nas próximas semanas. “O Jonas está fora do jogo e vai passar por uma cirurgia. Só na cirurgia poderão saber o grau da lesão. Perdemos um companheiro. Acho que é uma cirurgia simples e ele pode voltar em 15 dias. Então não vale a pena. A gente espera que quando o nosso doutor estiver olhando não tenha mais nada grave. Se for essa lesão no menisco, em 15 dias estará de volta. Pode ser até mais rápida do que uma lesão muscular“, explicou Jair.

Para a vaga, no entanto, o treinador não revelou quem vai jogar, mas deixou no ar que o zagueiro Marcelo pode ser improvisado ou então o jovem Marcinho, recém-promovido, poderá ganhar uma chance.

No meio de campo, o Fogão deve ter pelo segundo jogo seguido a dupla de armadores formada por Montillo e Camilo. “São jogadores que podem jogar na mesma posição ou não. Vão render muito mais ainda. A gente tem que ter um pouco de calma também. O Montillo vem de um Campeonato Chinês, onde não jogava desde outubro. Isso requer um tempo. Nossa intensidade aqui é diferente. O Camilo ainda está buscando a forma física ideal. Tenho certeza que eles ainda vão dar muitas alegrias aos torcedores“, afirmou Ventura, que completará 38 anos na mesma data da partida.

Além de Botafogo e Estudiantes, o Grupo 1 da Libertadores tem ainda o atual campeão do torneio Atlético Nacional (COL) e Barcelona (EQU).

Escalação

Desta forma, a provável escalação do Botafogo para a estreia na fase de grupos da Libertadores contra o Estudiantes terá: Gatito Fernández; Marcelo (Marcinho), Joel Carli, Emerson Silva e Victor Luis; Airton, Bruno Silva, Camilo e Montillo; Rodrigo Pimpão e Roger.

Fonte: Torcedores.com