Substituto de F. Gabriel, Vitinho sai abatido apesar dos números

Compartilhe:

O Botafogo atuou nessa quarta-feira, contra o Figueirense, pela primeira vez sem Fellype Gabriel, negociado com o Sharjah, dos Emirados Árabes. Em seu lugar, o técnico Oswaldo de Oliveira colocou Vitinho, de 19 anos. Xodó da torcida, o jovem não conseguiu ter o desempenho esperado até por ele, culminando com uma chance incrível desperdiçada e a substituição aos 30 minutos do segundo tempo, com algumas vaias sendo ouvidas no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, seguida de aplausos.

Vitinho saiu de campo visivelmente abatido com sua atuação. A vitória por 1 a 0 acabou sendo produtiva por dar vantagem ao Botafogo no jogo de volta, dia 24, em Florianópolis, mas deu a consciência da necessidade do jogador de evoluir.

– Ele é muito jovem e fez excelentes partidas no Campeonato Carioca, sendo até ovacionado pela torcida várias vezes. Essa expectativa de ser titular mexe muito com o jogador. Sua performance foi até boa no jogo, mas ele está se cobrando, queria mais e lamentou as oportunidades. É natural. Faz parte da progressão de um jogador da idade dele – comentou o técnico Oswaldo de Oliveira.

Ainda assim, Vitinho saiu de campo como o jogador com maior número de finalizações (três), ao lado de Rafael Marques. Uma delas bateu no travessão (veja no vídeo acima). Ele ainda colaborou defensivamente com uma roubada de bola e dois desarmes, uma característica de Fellype Gabriel, mas pecou nos passes, cometendo quatro erros em 17 tentativas.

Vitinho contra o Figueirense:
 
Tempo em campo: 75 minutos
Finalizações: 3
Passes errados: 4 em 17
Bolas levantadas: 1
Roubadas de bola: 1
Desarmes: 2
Faltas cometidas: 0
Faltas sofridas: 0

– Fellype Gabriel é um jogador diferente do Vitinho. Cada um tem a sua característica. Ele é um jovem promissor e vai se adaptar bem com o passar dos jogos. Acredito no crescimento dele – comentou Oswaldo.

No clássico contra o Fluminense, no domingo, na Arena Pernambuco, pelo Campeonato Brasileiro, Vitinho deve ser mantido no time titular. Ele ganhou elogios por sua dedicação e saiu aplaudido pelo treinador, por quem foi recebido com um cumprimento na chegada ao banco de reservas.

– Vitinho está crescendo e procurando cumprir o que é pedido. Isso é gradativo – explicou Oswaldo.

Fonte: Globoesporte.com

Comentários