O técnico do Santos, Jorge Sampaoli, fez duras críticas ao estado do gramado do Estádio Nilton Santos, onde a equipe santista derrotou o Botafogo por 1 a 0 neste domingo, pelo Campeonato Brasileiro. O argentino afirmou que esse é um problema recorrente do futebol brasileiro e que já deveria ter sido corrigido há muito tempo.

– No primeiro tempo, nos primeiros minutos, tivemos posse de bola sem agressividade, sem velocidade. O campo de jogo não ajuda também. A verdade é que, hoje, um país com a cultura futebolística do Brasil ter os mesmos problemas nos estádios, como o estado do campo, dificulta na hora de proporcionar um espetáculo. Isso já deveria ter sido corrigido. Em 2019, no Brasil, cada estádio deveria condizer com a história do Brasil – afirmou Sampaoli, completando:

– Um time não pode jogar num estádio em que não se consiga dar três passes. A comunicação foi lenta porque tinha que ter muito tempo de infiltração e isso me parece uma coisa a ser corrigida em um país com tantos bons jogadores na história.

Não vai ao Nilton Santos? Garanta a transmissão de Botafogo x Atlético-MG
⬇ AO VIVO e DE GRAÇA

Com a vitória, o Santos de Jorge Sampaoli igualou-se ao líder Palmeiras em número de pontos (26), mas ocupa a segunda colocação pelo saldo de gols. O Botafogo, que não vence há três rodadas, caiu para a sétima colocação, com 16 pontos, e pode perder mais uma posição nesta segunda-feira, caso o São Paulo (15) vença a Chapecoense no Morumbi, às 20h, no fechamento da 11ª rodada.

Fonte: Redação FogãoNET e ESPN.com.br