Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Túlio Maravilha manda recado a Gabigol e se coloca à disposição para ajudar o Botafogo como motivador

33 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Túlio Maravilha falou sobre o Botafogo e cutucou Gabigol, do Flamengo
Reprodução/YouTube

Ídolo do Botafogo, Túlio Maravilha continua acompanhando o clube de perto. Se ficou chateado com a temporada passada, quando o Glorioso foi rebaixado na última colocação do Campeonato Brasileiro, o ex-atacante agora adota o tom de otimismo com a nova diretoria, capitaneada pelo presidente Durcesio Mello.

Em entrevista ao canal oficial do Campeonato Carioca no YouTube, Túlio elogiou o novo presidente e se colocou à disposição para ajudar o clube. Ele disse que pretende passar sua experiência para que os jogadores conheçam a importância de envergar a camisa do Glorioso.

– Apoiei a candidatura do Durcesio, já me coloquei à disposição dele para usar minha imagem em termos de patrocínio, visibilidade e em termos de vivência também. Sou palestrante motivacional, já me coloquei à disposição para dar palestra aos jogadores da base, do profissional, para mostrar o verdadeiro significado de vestir a camisa do nosso glorioso Botafogo. Não é só chegar, botar a camisa, ficar um ano e ir embora. Tem que fazer história, vestir com honra, com garra, é esse sentimento que quero resgatar nesses atletas que estão no elenco hoje. A qualquer momento posso receber esse convite e irei com o maior carinho – afirmou Túlio, elogiando a nova administração:

– O Durcesio está no caminho certo, reestruturando a parte financeira, é um cara inteligente, empresário, bem vivido. Vai saber contratar pessoas do futebol que conhecem a história do Botafogo para fazer contratações corretas, sem fazer loucuras, com os pés no chão, e fazer voltar o Botafogo mais rapidamente à Série A do Brasileiro.

Recado para Gabigol, do Flamengo

Sem papas na língua, Túlio Maravilha também deu uma alfinetada em Gabigol, principal atacante do Flamengo. Perguntado sobre quem foi melhor, se ele em 1995 ou o centroavante rubro-negro em 2019, o ex-centroavante do Botafogo e da Seleção Brasileira, autor de 1.001 gols na carreira, não fugiu do assunto.

– O Túlio em 95, porque o time do Flamengo de hoje era melhor que o do Botafogo de 95. Com o time que o Flamengo tem hoje, o Gabigol tem obrigação de fazer pelos menos um 50 gols por ano e ser artilheiro de todas as competições. Foi o que eu fiz em 94 e 95, mesmo com o Botafogo não tendo um time tecnicamente superior. Se eu jogasse nesse Flamengo de hoje, eu teria chegado a uns 70 gols por ano – emendou.

Veja a entrevista de Túlio Maravilha ao canal do Campeonato Carioca:

Fonte: Redação FogãoNET e Canal do Campeonato Carioca

Notícias relacionadas
Comentários