Absoluto em quadra, o Botafogo venceu o Tijuca mais uma vez por 3 sets a 0 e confirmou a classificação para a final do Juvenil Masculino na noite desta quinta-feira. A partida aconteceu no Oscar Zelaya e aproximou o time do técnico Walner Santos do tricampeonato seguido.

Em ritmo avassalador, os alvinegros entraram em quadra para não dar chances ao rival, dominaram completamente todas as ações e fecharam o primeiro set em  25 a 7. O Botafogo manteve a frequência e, mesmo com uma melhora dos visitantes, não teve grandes dificuldades para vencer por 25 a 20 na segunda etapa. A jogada mais bonita da noite foi iniciada por Luan, que levantou de primeira para a finalização de André. Um claro sinal de entrosamento da dupla que estave na Seleção Brasileira Sub-21.

Com troca de pontos intensa e clima acirrado, o terceiro set foi o mais equilibrado. Os visitantes tiveram a liderança até a metade da parcial, mas o Alvinegro voltou aos trilhos e a superioridade reapereceu. Tendo como combustível a inversão de 5×1, a equipe manteve a virada de bola mais agressiva, um bloqueio alto e fechou o série semifinal com um 25 a 19.

Atleta versátil, que jogou em três posições na temporada, Pedro Reis falou sobre a classificação e exaltou o crescimento do time.

– A equipe tá melhorando cada dia mais, aumentando o entrosamento e mostrando nos jogos. Sabemos do favoritismo depositado na gente, o Botafogo conseguiu juntar ótimos jogadores, sendo dois da seleção brasileira, e isso acaba se tornando mais uma pressão. Porém, isso não entra aqui, as partidas são resolvidas na quadra e estamos administrando bem essa situação. O time é muito comprometido, vários jogadores já jogaram em mais de uma posição e isso mostra nossa força para superar qualquer obstáculo. A confiança nesse título está 100%, é o nosso objetivo desde o início do ano e vamos dar o sangue para conquistar esse tricampeonato.

No estreia do Estadual Adulto Feminino, o Botafogo foi superado em 3 sets a 0 pelo Flamengo.

Fonte: Site oficial do Botafogo