No maior torneio de categorias de base do voleibol brasileiro, a Taça Paraná, o Botafogo voltou com duas medalhas. Diante do novo formato, com todas as fases disputadas em triangulares, o Infanto e o Infantil, este com direito a MVP, mostraram força e conquistaram o vice-campeonato.

O Infantil Masculino iniciou a competição com 100% de aproveitamento diante do Nova Petrópolis e do Pinhais. Na fase seguinte, vitória tranquila contra o APROV e emocionante, por 2 sets a 1, sobre o Círculo Militar. Na semifinal, o Glorioso passou por Flamengo e Florianópolis fazendo 2 sets a 0 e confirmou vaga na decisão. Com o título em jogo e o bronze garantido, o Fogão fez dois confrontos de tirar o fôlego, com triunfo por 3 a 2 sobre o Olímpico e derrota para o Positivo. Pela diferença mínima de um ponto, o time dirigido por Matheus Ferreira ficou com o vice-campeonato. O destaque do torneio foi o ponteiro Ramon Halfed, eleito MVP.

Bernardo Asssis, técnico principal da equipe, elogiou o comando e a maturidade dos alvinegros.

– Fizemos ma campanha praticamente impecável, eles cresceram muito durante o torneio e mostraram uma maturidade que impressionou. Voltamos para o Rio num nível acima individual e coletivamente. O Matheus foi brilhante na condução da equipe no torneio, é um cara que sabe a forma que gosto de trabalhar, está junto comigo o tempo todo e eu tenho total confiança. Estão todos de parabéns!

Pela categoria Infanto, o Alvinegro teve vida difícil na primeira fase e se classificou com uma vitória e uma revés. Na segunda etapa, o mesmo aproveitamento diante de Petrópolis e do Colégio Sinodal. Mais maduro nas semifinais, o time do técnico Bernardo Assis venceu o primeiro jogo contra o Clube Militar por 2 sets a 0 e triunfou no clássico contra o Flamengo por 2 a 1, garantindo a vaga no triangular final. No primeiro jogo, diante do SADA/Cruzeiro, adversário batido na decisão da Taça Cidade Maravilhosa, o Botafogo foi superado por 3 a 0 e viu as chances de título se reduzirem. Mesmo assim, o time voltou à quadra para o último duelo, devolveu o resultado no Fluminense e garantiu a medalha de prata.

O técnico falou sobre o desempenho do Alvinegro na 18ª edição da Taça Paraná e pediu foco para a reta final da temporada.

– Nossa avaliação é a melhor possível, esse é o principal torneio do país e disputamos contra mais de 24 equipes nessas duas categorias. No infanto, caímos em dois “grupos da morte”, mas resistimos com coragem, avançamos e os garotos ficaram mais cascudos para jogar as semifinais. No triangular final, ficamos apenas atrás do SADA, que tem a base da seleção brasileira no seu plantel. Foram boas colocações, mas não temos tempo para comemorar. Segunda já voltamos ao trabalho porque temos os playoffs dos estaduais pela frente.

Abrindo a semifinal do Campeonato Carioca Infanto, o Glorioso enfrenta o Tijuca na próxima terça-feira, fora de casa.

Fonte: Site oficial do Botafogo