O Botafogo seguiu a tônica emocionante da sua campanha na Superliga B até o momento e venceu, na noite desta quarta-feira, o Blumenau por 3 sets a 1. A vitória em General Severiano, sexta seguida, finalmente levou o time à liderança da competição. Substituto de Lorena, Renan foi o grande destaque e anotou 21 pontos.

Os visitantes começaram melhor, abriram 10 a 6 e obrigaram Walner Santos a parar o jogo. Com boa participação do bloqueio e viradas de bola precisas, o time chegou ao empate em 19 a 19, porém, na continuação, perdeu o equilíbrio e foi superado por 25 a 20. O Botafogo começou melhor a segunda etapa, mas logo sofreu a virada e se viu atrás por 17 a 15. Walner mandou Pedrão e Tiago à quadra nos lugares de Vitor e Salles, e a mudança surtiu efeito. Melhor para o oposto Renan, que, mais entrosado com o levantador desde as categorias de base alvinegra, cresceu no jogo e asssumiu o protagonismo no ataque. Foi dele os últimos cinco pontos para dar números finais ao set: 25 a 21.

Confiante, o Gloriso beirou a perfeição na terceira etapa e chegou a abrir 22 a 14. O ritmo caiu no fim, porém, nada que comprometesse a virada com a parcial de 25 a 19. A partida voltou a ganhar equilíbrio na sequência, mas os alvinegros souberam administrar a vantagem que variou entre dois e quatro pontos até o final. Com partipação excelente dos centrais Mudo e Pedrão, e alto poder decisivo de Renan, o time fez 24 a 21 e ficou muito próximo da vitória. Porém, o último ponto veio no bloqueio do capitão Vítor Gelli, que passou energia do banco de reservas desde que foi substituído e jogou junto o tempo todo.

Autor de 21 pontos na noite, Renan, que substituiu Lorena, falou sobre a vitória, destacou o entrosamento e o apoio do ídolo.

– Não começamos no melhor ritmo, mas as coisas começaram a encaixar no segundo set. Meu entrosamento com o Tiago foi fundamental para eu crescer na partida, jogamos desde 2016 juntos, treinamos sempre no mesmo time e a gente se entende bem. O Lorena, que é meu ídolo desde que eu comecei a jogar, também foi um cara excepcional durante a semana. Me passou muita confiança, estudou o bloqueio adversário junto comigo e me deu dicas importantes. Depois de seis batalhas, conseguimos, enfim, assumir a liderança do campeonato e temos mais uma pela frenta para confirmar a classificação em primeiro. Depois, nos playoffs, tudo isso fica pra trás e vamos em busca do título.

O próximo desafio do Botafogo na Superliga B acontecerá no dia 9, em General Severiano, contra a APAV.

Fonte: Site oficial do Botafogo