Após o anúncio do encerramento da equipe de vôlei do Botafogo, na quarta-feira, dia 30, a Confederação Brasileira de Vôlei afirma que ainda não foi informada oficialmente sobre a saída da equipe da Superliga, mas torce para que o clube retorne à competição.

— Quarta-feira à noite, após uma reunião no clube, a CBV foi procurada pela Federação de Voleibol do Rio de Janeiro pedindo que a entidade aguarde até a próxima segunda-feira, pois o clube ainda está tentando patrocínios para viabilizar a sua participação na competição. A CBV está confiante e torcendo para que o clube de tanta tradição no voleibol brasileiro – que após um enorme esforço conquistou o direito de retornar a elite ao vencer a Superliga B – consiga encontrar uma solução para permanecer na Superliga — informa a CBV.

A Superliga é a principal competição nacional de vôlei e tem início no dia 9 de novembro. Na primeira rodada, se confirmada a participação, a equipe do Botafogo enfrentará o Sesi SP.

Fim do projeto de Vôlei

Em nota divulgada na tarde da última quarta-feira, o Botafogo confirmou que encerrou o projeto de voleibol. O clube disputava a semifinal do Estadual e havia obtido acesso à Superligaem abril, após vencer a Superliga B. A decisão foi motivada pela ausência de recursos financeiros, que não foram captados a tempo de manter o projeto sustentável.

“O Botafogo lamenta ter que tomar essa decisão e sabe do choque para atletas, comissão técnica e torcedores, mas entende que esse é o posicionamento necessário em virtude da situação financeira vivenciada atualmente”, diz um trecho da nota.

Fonte: Extra Online