O zagueiro Dedé participou de uma entrevista ao canal do Youtube Desimpedidos, em Belo Horizonte, após o término da temporada vestindo a camisa do Cruzeiro, com quem foi campeão da Copa do Brasil em outubro deste ano. No vídeo, o jogador faz um comentário que gerou polêmica entre os torcedores do Vasco.

Em um quadro em que o atleta precisa escolher entre “já ou jamais”, Dedé é questionado se já sentiu saudade do Vasco, time que ele defendeu até 2013. Sua resposta? “Jamais”. No entanto, em outros momentos da entrevista, o jogador demonstrou carinho pelo clube carioca.

“A situação do Vasco estava bem apertada, muita dificuldade, cinco meses de salário atrasado, eu mesmo três meses de salário atrasado, até hoje ficou uma ‘raspinha’ lá. A única forma de ajudar foi saindo. Eu tenho carinho, pelo torcedor principalmente, até hoje o torcedor me vê na rua e chora”, comenta. “Eu torço para que dê certo”, complementa.

Mesmo assim, a torcida do Vasco não o perdoou. “Ingrato”, “lixo”, “só mais um jogador”, “medíocre”, “falso”, “vergonha”, “falta de respeito” e “decepção” são alguns dos comentários que têm sido feitos na última foto de Dedé no Instagram.

Dedé também comentou sobre o início de sua carreira no profissional e sua consagração. “Faltando 30 dias para meu contrato com o Vasco acabar, tive aquela oportunidade: ou jogava bem ou sairia, eu me destaquei e aí renovaram por mais um ano, joguei 2010 e terminei como craque do Brasileirão”, relembra.

Ele se tornou o jogador mais caro da história do Cruzeiro ao ser contratado junto ao Vasco em 2013 por R$ 14 milhões. Chamado de “Mito” pelos torcedores desde a época de Vasco e considerado um dos grandes zagueiros brasileiros dos últimos tempos, Dedé revelou curiosidades da sua vida.

Afirmou que gosta de pescar, que ajudava sua mãe com a venda de pastéis e já morou na mesma rua que o volante Felipe Melo. “Eu nunca tive um time de bater no peito, não sou muito vidrado com futebol não, só gosto muito de jogar. Eu torcia pelo Botafogo porque é o time que meu pai torce”, conta.

Os melhores defensores que já viu atuar? Juan, do Flamengo, no futebol brasileiro. “Admiro muito a qualidade dele de jogar sem falar, sem dar porrada”, diz. A nível mundial, a referência muda. “Thiago Silva. O tempo que ele joga em alto nível é muito grande. Depois dele vem o Sergio Ramos”, analisa.

Fonte: Esporte Fera