Zagueiro Luis Verdini retribui vida no Botafogo com torcida pelo clube à distância

0 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Verdini, ex-Botafogo, joga na Tailândia
Reprodução

Horas antes de voltar a campo pelo Campeonato Brasileiro, o Botafogo terá mais uma vez uma força a mais na torcida para continuar se afastando do Z-4. Isso por que um jogador formado na base do clube sempre acompanha as partidas do Glorioso mesmo da Tailândia. O zagueiro Luis Verdini, de 25 anos, natural do Rio de Janeiro e atleta do Chiangmai FC retribui tudo de melhor que obteve nos onze que passou no Glorioso.

Quanto ao momento alvinegro, ele tem certeza que não vai demorar para o clube deixar essa má fase de lado e, quem sabe, a reação começa nesta segunda-feira (19), contra o Goiás, no Estádio Nilton Santos.

Canal do FogãoNET no YouTube - Notícias e vídeos sobre o Botafogo

“Faz parte do futebol esses altos e baixos. Tento certeza que o Botafogo vai superar isso como um grande clube e com a ajuda dos excelentes profissionais que possui. Isso é fase e tenho certeza que vai passar.” – garantiu.

Verdini chegou ao clube aos nove anos, onde se desenvolveu na base como profissionalmente até os 20 anos. Além de conhecer toda a garotada que hoje faz parte do elenco, atuou ao lado de atletas mais conhecidos como o lateral-direito Marcinho, o zagueiro Igor Rabello, hoje no Atlético-MG, o meia Leandrinho, entre outros.

Gratidão não falta ao jogador.

“É difícil dizer que não estou ligado ao clube. Passei praticamente uma vida lá dentro. Quase 12 anos. O clube me formou como homem, como atleta, onde aprendi tudo que sei, conheci inúmeros estados e países e fiz muitas amizades. Tenho uma linda história lá dentro e sempre falei bem pra todo mundo, mesmo depois de sair do Botafogo. Sempre tive orgulho de vestir a camisa da estrela solitária e tenho certeza que o Botafogo vai sempre figurar entre os primeiros pelo passado, presente e pelo que vai fazer no futuro.” – declarou Verdini.

Na base, foi campeão estadual três vezes, e uma vez do Torneio OPG. Além disso, participou também de duas partidas no projeto “Gol 1000” do ex-atacante Túlio. Há quase quatro anos no futebol tailandês, Verdini segue acompanhando o Glorioso e torcendo que um dia possa voltar a vestir a camisa alvinegra.

Botafogo e Goiás se enfrentam nesta segunda, 20h, no Estádio Nilton Santos, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Fonte: Rádio Tupi

Notícias relacionadas