Contratado no ano passado para o Torneio OPG, mas sem condições de atuar, o meia Alessandro, mais conhecido como Zé Gatinha, fez sua estreia oficial pelo Botafogo nesta quarta-feira, entrando no empate em 0 a 0 com o Bangu, no Estádio Nilton Santos. A torcida pediu pela entrada do jogador já no intervalo.

O técnico Zé Ricardo explicou que a entrada de Zé Gatinha já estava prevista, e que nada tem a ver com os pedidos dos torcedores. O treinador alvinegro elogiou o jogador, mas pediu paciência.

– Pela ausência do Leo Valencia e do Marcus Vinícius, só tínhamos o Alessandro como meia no banco. Já esperávamos que ele entrasse. Não foi porque a torcida pediu. Continuo insistindo que precisamos ter calma com ele, quase não teve base. Precisa trabalhar e jogar partidas de alto nível. Entrou com espaço, fez boas jogadas, mas depois abafou pelo entusiasmo, ansiedade. Demonstra a inexperiência que ele tem em partidas de Série A. Vamos ter muita calma porque o clássico exige – afirmou Zé Ricardo.

O técnico do Botafogo analisou também as atuações do zagueiro Gabriel, que fez sua estreia, e do meia Alex Santana, que atuou no ano passado pelo Paraná Clube:

– Gabriel se portou bem, estava preparado. É jovem, mas tem experiência. Alex Santana sentiu a volta, teve queda de rendimento natural no segundo tempo.

Fonte: Redação FogãoNET