Assim como na temporada 2020, Botafogo volta a sofrer com os empates

4 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Assim como na temporada 2020, Botafogo volta a sofrer com os empates
Vitor Silva/Botafogo

Apesar de ter perdido apenas uma vez no Campeonato Carioca para o rival Flamengo, o Botafogo sofreu seu 5° empate nas oito rodadas disputadas até aqui. Assim como no jogo do último domingo contra a Portuguesa, o Alvinegro não conseguiu segurar a vitória, se agarrou no empate e poderia estar em situação melhor na tabela já que só detém duas vitórias.

O Glorioso teve a sua trajetória no ano de 2020 marcada pelos empates e derrotas, foram poucos resultados vitoriosos nos campeonatos em que se fez presente. Em 2021, o início de temporada dava o ar de mudanças efetivas dentro e fora de campo pela reestruturação para disputar a Série B e pela sequência de invencibilidade que gerou autoconfiança. Com o surgimento da primeira derrota, encontramos resquícios da postura passada em permitir reações efetivas dos adversários.

O que mudou? Na equipe muito se falava durante entrevistas na temporada 2020, terminada esse ano por causa da pandemia do coronavírus, sobre não conseguir chegar ao vestiário no intervalo marcando primeiro do que o adversário. Atualmente, o Alvinegro marca, mas não consegue segurar a vantagem por conta de falhas recorrentes da zaga, falta de entrosamento devido ao número de contratações feitas recentemente, ou simplesmente por algumas posturas se repetirem. O técnico Marcelo Chamusca se demonstrou insatisfeito, durante a última entrevista coletiva, com o resultado do time .

Eu tenho que estar preocupado. Eu não jogo para empatar. Eu jogo para ganhar. E trabalho o tempo todo com os jogadores dentro dessa perspectiva, da importância dos três pontos em cada jogo. O quanto é importante na tabela você vencer e se aproximar do objetivo, que é classificação. Mas não estamos conseguindo por uma série de motivos. Aí eu estou inserido em vários aspectos, por ser o treinador e tenho responsabilidade, vencer e ter imposição nos jogos. Em dois jogos tomamos gol no primeiro tempo. Contra o Nova Iguaçu até viramos. Contra o Madureira conseguimos empatar. E precisamos corrigir tudo isto e dentro da competição, pois não temos outras opções. É claro que fico preocupado. Mas com a melhora na parte física, com entrosamento melhor da equipe, podemos vencer os jogos, que é a vontade de todos. – disse o treinador.

Para tentar “sair” de vez de 2020, o Botafogo encara o Volta Redonda no próximo domingo, com o objetivo de conquistar uma vitória consistente no Carioca e dar alegria aos torcedores. A partida ainda não tem horário e local definidos.

Fonte: Esporte News Mundo

Notícias relacionadas