Auxiliar quer ‘Botafogo das 12 últimas rodadas’ e estima tempo para voltar a brigar por títulos

49 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Auxiliar quer ‘Botafogo das 12 últimas rodadas’ e estima tempo para voltar a brigar por títulos
Vitor Silva/Botafogo

O Botafogo começou o ano desacreditado, voltando da Série B, e terminou com vaga na Sul-Americana, quase beliscando classificação para a Libertadores. Entre os torcedores, já fica uma expectativa por títulos. É algo que é trabalhado internamente, mas com os pés no chão.

Em entrevista ao canal “Charla Podcast”, o auxiliar técnico Vítor Severino respondeu se dá para buscar o título da Sul-Americana em 2023.

– É uma coisa queremos, temos a vontade e conquistar títulos. Outra coisa é o planejamento e se vamos conseguir. Não sabemos. O que queremos é que o Botafogo seja o Botafogo das últimas dez, 12 rodadas. Se for, vai ser muito mais fácil brigar por títulos. O Campeonato Brasileiro é uma prova muito difícil, existem muitas equipes que podem ganhar. Queremos brigar pelos lugares de cima, mais cedo do que esse ano. E nas provas eliminatórias nunca vamos entrar para perder. Se vamos ter elenco e capacidade para tanta competição, é outro assunto. Não vou fazer falsas promessas. Mas o Botafogo que estamos montando é o das últimas rodadas, competitivo, que consegue chegar a qualquer estádio e lutar pelos três pontos. Se isso vai ser suficiente já no segundo ano para conquistas, não sei, acho muito difícil. Mas nos próximos três anos, o projeto é a médio prazo, o Botafogo vai ser gigante e vai lutar – disse Severino.

– Enquanto John Textor for apaixonado como é, acredito que continuará sendo, e investir, o clube vai se transformar no que a torcida sonha. Vai brigar por títulos, mas vai demorar o seu tempo, porque são necessárias outras coisas, como infraestrutura, recursos humanos, jogadores. As coisas precisam dar seguimento – concluiu.

O auxiliar técnico se mostrou feliz por estar no Botafogo.

– Dá um orgulho enorme, é óbvio. Foi um dos grandes motivos que nos fez aceitar o convite. O Botafogo é um conhecido em Portugal, até pelas conquistas no passado e grandes glórias de seus jogadores, quisemos entender o contexto atual. Pelo que conversamos com o Textor entendemos que o que se pretendia era isso, tornar o Botafogo gigante novamente. Demos um passo à frente e aqui estamos nesse desafio – declarou.

Veja o vídeo:

Fonte: Redação FogãoNET e Charla Podcast

Notícias relacionadas