Botafogo de olho: Fifa anuncia janela especial para atletas de Rússia e Ucrânia; cada clube pode contratar no máximo dois

30 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Botafogo de olho: Fifa anuncia janela especial para atletas de Rússia e Ucrânia; cada clube pode contratar no máximo dois
Divulgação/Dínamo de Kiev

A Fifa anunciou nesta segunda-feira regras temporárias de contratos e transferências para atletas estrangeiros que atuem na Rússia ou Ucrânia por conta da guerra. O Botafogo é um dos clubes que têm no radar brasileiros atuando nos dois países.

Para os jogadores e treinadores estrangeiros de clubes ucranianos, os contratos serão automaticamente suspensos até 30 de junho de 2022. Já para quem atua no futebol russo, todos os contratos poderão ser suspensos de forma unilateral também até o dia 30 de junho deste ano.

Além disso, será criada uma nova janela de transferência em países nos quais ela já esteja fechada, para atletas oriundos da Rússia e da Ucrânia. O registro no novo clube precisará ser oficializado até o dia 7 de abril.

Para finalizar, a Fifa impôs um limite de que cada clube só poderá registrar até dois jogadores dentro dessa exceção. A primeira janela internacional de transferências no futebol brasileiro fecha no dia 12 de abril.

Banner da loja do FogãoNET

Nomes do Botafogo

Até agora, o Botafogo teve como nomes especulados que atuam na Rússia e na Ucrânia o volante/zagueiro Kaio Pantaleão e o atacante Wanderson, ambos do Krasnodar; o atacante Vitinho, do Dínamo de Kiev; e o zagueiro Marlon e o meia Pedrinho, do Shakhtar Donetsk.

Vale lembrar também que o setor de scouting do Botafogo fez um levantamento completo de 52 jogadores sul-americanos que atuam na Ucrânia, com dados como valor de mercado, posição, características e tempo de contrato.

Fonte: Redação FogãoNET e O Globo

Notícias relacionadas