Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

SEM EVOLUÇÃO: BOTAFOGO PERDE PARA O VASCO E SAI ATRÁS NA FINAL DA TAÇA RIO

227 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Rafael Navarro - Botafogo x Vasco
Vitor Silva/Botafogo

Sem conseguir mais uma vez demonstrar alguma evolução, o Botafogo foi derrotado pelo Vasco por 1 a 0 neste domingo, no Estádio Nilton Santos, e saiu em desvantagem na decisão da Taça Rio. O gol vascaíno saiu de uma falha do zagueiro Sousa, no começo do segundo tempo, e o Fogão ainda teve um pênalti claro ignorado pela arbitragem.

Agora, o Glorioso terá de vencer por dois gols de diferença sábado que vem, em São Januário, para conquistar o troféu de consolação – que significa o quinto lugar no Campeonato Carioca – e um prêmio de R$ 1 milhão. Se a vitória for por um gol, haverá disputa por pênaltis. O Vasco precisa apenas de um empate para ficar com a taça.

O jogo

O clássico foi uma grande pelada no primeiro tempo. O Vasco teve mais a posse de bola, e o Botafogo passou os 45 minutos inicias sem sequer uma finalização no alvo. O principal lance da etapa inicial foi logo no começo, aos seis minutos: Cano finalizou e Douglas Borges espalmou no canto.

Logo no começo do segundo tempo a rede balançou. Sousa se enrolou todo na saída de bola, Léo Jabá cruzou da direita e Cano cabeceou no meio da área para fazer Vasco 1 a 0. O Botafogo seguia sem produzir e quase tomou o segundo: Andrey chutou de longe e Douglas espalmou no canto, aos 11.

Marcelo Chamusca saiu da inércia e colocou o time para frente, e aí o Botafogo conseguiu enfim atacar. Aos 21 minutos, Rafael Navarro deu o primeiro chute do time no alvo em toda a partida, para defesa tranquila de Vanderlei. Aos 28 minutos, Galarza chutou Ronald dentro da área, mas o péssimo árbitro Rafael Martins de Sá não marcou o pênalti claríssimo. O Vasco se retraiu e conseguiu segurar, já que o Botafogo não assustou mais.

Próximos jogos do Botafogo

Botafogo e Vasco voltam a se enfrentar no próximo sábado, às 15h05, em São Januário, para decidir quem fica com a Taça Rio e com o prêmio de R$ 1 milhão. Depois, o Glorioso vai para o principal desafio na temporada: a Série B. Dia 28 tem a estreia contra o Vila Nova, em Goiânia.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 0 X 1 VASCO

Estádio: Nilton Santos
Data-Hora: 16/05/2021 – 11h05
Árbitro: Rafael Martins de Sá (RJ)
Assistentes: Wallace Muller Barros Santos (RJ) e Andréa Izaura Maffra Marcelino de Sá (RJ)
Renda e público: Portões fechados
Cartões amarelos: Romildo e Sousa (BOT); Zeca, Morato e Cano (VAS)
Cartões vermelhos:
Gols: Cano 1’/2ºT (0-1)

BOTAFOGO: Douglas Borges; Warley, Kanu, Sousa e PV; Matheus Frizzo (Ricardinho 26’/2ºT), Romildo (Ênio 14’/2ºT) e Pedro Castro (Guilherme Santos 43’/2ºT); Marco Antônio (Felipe Ferreira 26’/2ºT), Rafael Navarro e Ronald (Matheus Nascimento 43’/2ºT) – Técnico: Marcelo Chamusca.

VASCO: Vanderlei; Léo Matos, Miranda, Leandro Castan (Ricardo Graça – Intervalo) e Zeca; Andrey, Matías Galarza e Morato (João Pedro 40’/2ºT); Gabriel Pec (Figueiredo 20’/2ºT), Léo Jabá (Bruno Gomes 27’/2ºT) e Cano (Juninho 40’/2ºT) – Técnico: Marcelo Cabo.

Notícias relacionadas
Comentários