CEP pede transparência para votação da SAF: ‘Certa vez venderam nossa sede e quem fosse contra era contra o Botafogo’

216 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Carlos Eduardo Pereira, ex-presidente do Botafogo
Vítor Silva/SSPress/Botafogo

Ex-presidente do Botafogo, Carlos Eduardo Pereira se manifestou no Twitter sobre o processo de transformação do clube em SAF. Favorável ao projeto, ele questionou o documento encaminhado aos conselheiros para apreciação e pediu mais transparência, uma vez que haverá reunião do Conselho Deliberativo na quinta-feira. No dia seguinte há Assembleia Geral para votação de sócios.

– Não estou dizendo que tem algo incorreto. Quero conhecer o negócio em maior profundidade e mandaram um resumo pobre, não-oficial, sem assinatura e sem timbre. O tema é fundamental para o Botafogo. Não dá para aceitar ir para reunião no escuro – escreveu CEP no Twitter.

– Sou plenamente favorável à S/A. Estou exigindo que apresentem a negociação do futebol do Botafogo como profissionais. Não dá para brincar – acrescentou.

O ex-presidente questionou os R$ 50 milhões iniciais que serão investidor por John Textor por serem um empréstimo e citou até a venda de General Severiano na década de 1970.

– Não estou me opondo a nada. Só quero receber todas as informações necessárias para votar com segurança. Certa vez venderam nossa sede e quem fosse contra era contra o Botafogo. Foi o maior erro da nossa História. Não podemos errar outra vez. Profissionais devem ser transparentes – disse.

Fonte: Redação FogãoNET

Notícias relacionadas