Com mesma lesão de Dembelé e Kanté, Eduardo tem previsão de volta em até cinco meses no Botafogo: ‘Tenho feito de tudo para me recuperar mais rápido’

37 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Eduardo, meia do Botafogo
YouTube/Glorioso Connection

Um dos destaques do Botafogo na temporada, Eduardo passou por uma cirurgia na coxa esquerda. O clube oficialmente não dá previsão de retorno, mas o meio-campista, em entrevista ao podcast “Glorioso Connection”, explicou que deve perder o Campeonato Carioca e os primeiros meses de 2023.

– Eu não vou jogar (o Estadual). Pelo menos o início não, vou ficar de fora. O pessoal deu quatro, cinco meses para jogar, mas tenho evoluído muito bem, tenho feito os tratamentos de manhã e de tarde, em casa também, tenho feito de tudo para me recuperar mais rápido e estar 100% – declarou Eduardo.

O jogador detalhou sua lesão e como foi a escolha por realizar a cirurgia, que foi bem sucedida.

– Foi uma lesão que rompi o tendão da posterior, é uma lesão rara. Teve o Dembelé, do Barcelona, o Kanté francês, como não tinham tantos jogadores com essa lesão fiquei sem tanta informação. Fui pesquisar, liguei para 15 médicos, tinha opção de fazer (tratamento) conservador ou cirurgia. Só que o conservador, se não fizer cirurgia em uma semana, o tendão retrai. Tanto que quanto fiz o tendão já estava um pouco retraído. Não tive opção de tentar o conservador um mês e depois tentar a cirurgia. Foi mais na certeza, melhor fazer e voltar 100%. Melhor do que depois de um mês não ter mais a opção. Estou me recuperando muito bem, contente com esse início – completou.

Veja o vídeo:

Fonte: Redação FogãoNET e Glorioso Connection

Notícias relacionadas