Comentarista ‘não traria’ Cavani nem Everton Cebolinha para o Botafogo: ‘Primeira coisa é montar time competitivo, não adianta só estrela’

133 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Mauro Cezar Pereira, comentarista do UOL
Reprodução/UOL

Comentarista no “UOL”, Mauro Cezar Pereira não concorda com a busca do Botafogo por Edinson Cavani, do Manchester United, e Everton Cebolinha, do Benfica. Apesar de o clube ter investimento do empresário americano John Textor, o jornalista considera que os recursos devem ser usados de outra maneira.

(Não traria) Nenhum dos dois. Acho que o Botafogo tem que pensar em contratar jogadores de um valor não tão alto, mas não tão baratos como nos últimos anos. Dar um passo de vez. Não adianta ter o Cavani e não cercá-lo com jogadores do nível do Cavani, que mesmo sendo veterano faria estrago aqui em muitas defesas, mas sozinho não vai resolver tudo. Também vale para o Everton. O dinheiro que investiria, ele custou cerca de 22 milhões de euros ao Benfica, pode contratar quatro ou cinco jogadores, colocar em alto nível no elenco. Muito mais que contratações midiáticas, o Botafogo precisa de bons zagueiros, bons laterais, bons meio-campistas, bons atacantes. Se tiver condição de pegar a grana e trazer três ou quatro jogadores… – afirmou Mauro Cezar.

O jornalista falou especificamente sobre o Cavani e lembrou que os valores são bastante elevados.

– Cavani custa uns R$ 6 milhões ao Manchester United por mês, salário de Premiere League, cotado em libra, tem mercado na Europa. Mesmo que não permaneça no Manchester, pode ir para outro clube ganhando mais que qualquer clube sul-americano pode pagar. Para voltar, é porque está com desejo muito grande de voltar à América do Sul, tem fazenda, parentes. A primeira coisa para o Botafogo é montar time competitivo, não adianta trazer só uma grande estrela – opinou, antes de comentar sobre Everton.

– Everton parece ser uma loucura, o Botafogo pode contratar três ou quatro jogadores com esse dinheiro, vamos supor que seja por 15 milhões de euros. O Flamengo contratou Thiago Maia, que jogaria fácil no Botafogo, com 4 milhões de euros por 50% dos direitos econômicos. Dá para contratar três, quatro até cinco jogadores. Muito mais que empolgar com promessas mirabolantes, é preciso ter olhar atento ao mercado para fazer time forte e equilibrado, sendo importante ouvir o treinador – finalizou.

Banner da loja do FogãoNET

Veja o vídeo:

Fonte: Redação FogãoNET e UOL

Notícias relacionadas