Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Taça Rio

22/05/21 às 15:05 - São Januário

Escudo Vasco
VAS

X

Escudo Botafogo
BOT

Taça Rio

16/05/21 às 11:05 - Nilton Santos

Escudo Botafogo
BOT

X

Escudo Vasco
VAS

Taça Rio

09/05/21 às 18:00 - Nilton Santos

Escudo Nova Iguaçu
NOV

0

X

1

Escudo Botafogo
BOT

Destaque do Volta Redonda, Andrey revê o Botafogo: ‘Gostaria de ter tido mais oportunidades’

24 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Jefferson, Andrew e Andrey pelo Botafogo
Divulgação/Botafogo

O Botafogo reencontrará neste sábado, contra o Volta Redonda, um velho conhecido. Andrey, goleiro revelado na base alvinegra, é titular da boa equipe do Voltaço, atual vice-líder do Campeonato Carioca.

Tido como grande promessa para o gol, Andrey teve apenas sete jogos pela equipe profissional do Botafogo, em 2014. Depois, conseguiu a rescisão na Justiça e rodou por clubes como Botafogo-SP, Cabofriense, São Bento, Sampaio Corrêa, CRB e Treze. Ele não guarda mágoas, mas diz que poderia ter sido melhor aproveitado em General Severiano.

– Não digo que faltou paciência, são coisas do futebol. Mas admito que gostaria de ter tido mais oportunidades. Por ser goleiro e novo, é normal esse cuidado, mas sentia que podia ajudar e crescer no clube. Não julgo o clube, de verdade, mas não posso ser hipócrita de falar que não queria crescer e ter chances. Foram apenas sete partidas no profissional – disse Andrey ao “UOL”.

Goleiro Andrey, ex-Botafogo, saiu de ambulância em Juazeirense x Volta Redonda | Copa do Brasil 2021

Para o goleiro de 27 anos, a partida da noite deste sábado, no Estádio Raulino de Oliveira, não será especial.

– Encaro como uma partida normal. Claro que tenho gratidão imensa pelo Botafogo, mas entrando em campo penso apenas no Volta Redonda. Não considero uma partida especial por enfrentar meu ex-clube. Criar muitos obstáculos, expectativa, acredito que são fatores que deixam o atleta com nível de ansiedade elevada, o que pode prejudicar o rendimento dentro de campo. O Botafogo é um clube que tenho muito carinho e respeito. Só tenho a agradecer ao clube por ter me ajudado na formação como atleta – ressaltou Andrey, lembrando dos momentos vividos no Glorioso:

– Tenho muitas lembranças boas da minha época de base, com títulos, grandes partidas, porém, o que marcou bastante a minha vida foi poder dividir o vestiário com jogadores como Seedorf, Jefferson dentre outros grandes jogadores que vestiram a camisa do Botafogo. Foi uma experiência que vou levar para o resto da minha vida.

Irmão segue no Botafogo

Se Andrey deixou o Botafogo em 2014, seu irmão, o também goleiro Andrew, tem mantido uma boa evolução. Aos 19 anos, ele está incorporado ao elenco profissional e tem ficado algumas partidas no banco de reservas, trabalhando com o preparador Flávio Tênius. Andrey torce para que o irmão prospere na carreira.

– O Andrew é um menino que, por mais que seja novo, é muito maduro. Sempre reparei que ele é muito observador e isso ajuda demais na nossa evolução profissional. Ele tem uma ótima formação, trabalha com grandes profissionais. Então, em relação a campo, a gente conversa pouco, eu vejo que ele está no caminho certo. Quero aproveitar a oportunidade para poder dar um abraço no meu irmão e matar um pouco da saudade, já que o vejo tão pouco. Amo muito o meu irmão, mas quando o juiz apitar o início do jogo, vai ser cada um defendendo o seu (risos) – disse.

Fonte: Redação FogãoNET e UOL

Notícias relacionadas
Comentários