Em busca de dinheiro novo, Botafogo tenta novos patrocinadores para a camisa e parceiros para o Nilton Santos

47 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Lênin Franco e Jorge Braga - Botafogo
Vitor Silva/Botafogo

Precisando de dinheiro novo, o Botafogo segue trabalhando em duas frentes prioritárias. Além do projeto da Botafogo S/A, o CEO do clube, Jorge Braga, está em busca de parceiros para administrar o Estádio Nilton Santos e de novos patrocínios para o uniforme.

Segundo o “Canal do TF”, o Botafogo já tem conversas em andamento com empresas interessadas em gerir o Niltão, não só apenas nos naming rights – quando uma empresa paga para ter seu nome vinculado ao estádio -, como também para ajudar nos custos operacionais.

Sem poder receber público e até mesmo eventuais eventos culturais por conta da pandemia, o Estádio Nilton Santos tem um custo mensal estimado em R$ 800 mil mensais. O Botafogo também tem mantido conversas com a Prefeitura do Rio para que a comunidade local possa utilizar mais a instalação e movimentar o dia a dia do clube.

Lênin e a busca por patrocínios

Na busca por novos patrocinadores para a camisa, o Botafogo conta também com a ajuda do recém-chegado diretor de negócios Lênin Franco. Atualmente, estampam o uniforme alvinegro as marcas “Centrum“, “Eletromil” e “Cartão de Todos“. Há espaços disponíveis já precificados, mas a dificuldade existe em virtude do momento econômico vivido pelo país.

Além disso, a diretoria alvinegra ainda está estudando o contrato com a Kappa, que termina no fim do ano. Futuramente, não está descartada a possibilidade de o Botafogo ter um fornecedor de material próprio, como aconteceu, por exemplo, com o Bahia, ex-clube de Lênin Franco.

Veja o vídeo no Canal do TF:

Fonte: Redação FogãoNET e Canal do TF

Notícias relacionadas