No TJD-RJ, Enderson diz que comandou Botafogo contra o Fluminense sabendo que seria demitido; técnico pega dois jogos de gancho

71 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Expulsão de Enderson Moreira em Fluminense x Botafogo | Campeonato Carioca 2022
Reprodução/Cariocão TV

O técnico Enderson Moreira foi punido com dois jogos de suspensão pela 5ª Comissão Disciplinar do Tribunal de Justiça Desportiva do Rio (TJD-RJ) pela expulsão, quando comandava o Botafogo, na partida contra o Fluminense, pela primeira fase do Campeonato Carioca, em fevereiro.

No depoimento que concedeu ao TJD, segundo consta no resultado divulgado pelo tribunal e disponibilizado na internet, o treinador disse que “por uma série de situações ocorridas, até mesmo (por) ser dia de sua demissão, o que previamente já estava sabendo, acabou se exaltando com a atitude do árbitro”. Ele acabou desligado no dia seguinte à derrota por 2 a 1 para o Tricolor.

Enderson acabou levando dois jogos de gancho, denunciado no artigo 243-F § 1º do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (ofender alguém em sua honra, por fato relacionado diretamente ao desporto). Cabe recurso no Tribunal Pleno do TJD-RJ.

Documento do TJD-RJ cita trecho do depoimento de Enderson Moreira

Fonte: Redação FogãoNET

Notícias relacionadas