Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Enderson planeja mudanças, pensa jogo a jogo e projeta reforços no Botafogo: ‘Precisamos ser bem criativos’

141 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Enderson Moreira é apresentado como novo técnico do Botafogo
Vitor Silva/Botafogo

Enderson Moreira chegou ao Botafogo com um discurso de confiança e olhar para a frente. Não quis falar dos problemas que aconteceram até aqui na caminhada para a Série B, mas deixou claro que pretende fazer mudanças – inclusive táticas -, além de não descartar reforços.

Confira os trechos da primeira entrevista coletiva de Enderson Moreira no Botafogo:

PROBLEMAS NA DEFESA
“Pensar futebol em termos muito setorizados é complicado. Não vejo que o problema é a zaga, os zagueiros. O time que sofre um número de gols elevado precisa do comprometimento de todos os setores. Muitas vezes a situação estoura na linha defensiva, mas pode ser o meia, o atacante que deixou de retornar, de ocupar o espaço.”

METAS
“Jogo sempre com o próximo jogo, com os três pontos, é nele que me aplico. Quando colocamos algumas metas é importante em termos motivacionais, mas ao mesmo tempo pode frustrar muito rapidamente essa meta. Minha meta é sempre os três pontos, porque vai dando confiança. Nesse momento precisamos acima de tudo conquistar resultados. Sabemos das dificuldades, é uma competição muito parelha, mas o mais importante é como vai terminar. O que passou não podemos modificar, temos que pensar agora é no Confiança, no que podemos fazer para vencer esse jogo. Uma sequência de bons resultados vai nos levar numa briga lá em cima.”

PRINCIPAL DESAFIO
“Não podemos trazer coisas que já aconteceram. O que aconteceu serve de lição para buscarmos outros caminhos. Houve uma reformulação de elenco, no clube também de pensamento, de ações. É muito importante conseguir um resultado expressivo dentro de campo para contribuir com tudo aquilo que está sendo construído fora das quatro linhas. Temos vários aspectos que podemos melhorar, porque cada um pensa futebol de uma forma. Eu conheço muito bem o Chamusca, toda sua competência, a pessoa que é. Esperamos extrair o máximo desse elenco, encontrar um bom encaixe, precisamos tomar outro rumo, taticamente buscar outro caminho.

SITUAÇÃO CLÍNICA
“Tive um susto a 60 dias atrás, mas estou recuperado, bem, já com muita vontade de retornar àquilo que amo fazer que é trabalhar com futebol.”

REFORÇOS
“Precisamos fazer uma avaliação muito rápida e tenho conversado muito com todos sobre os atletas, para que possamos ser bem pontuais naquilo que realmente precisaremos. Precisamos ser bem criativos e inteligentes para fazer movimentos importantes dentro das possibilidades de mercado, de oportunidades. Precisamos ser bem criativos para ter um retorno técnico satisfatório. Às vezes com alguma mexida conseguimos encaixar uma equipe diferente também.”

MOTIVOS PARA ACEITAR O CONVITE
O Botafogo é um clube gigante, é uma honra estar aqui e participar da história maravilhosa que tem o clube. Prontamente que fui perguntado, vamos também saber das pessoas que estão à frente e todas as indagações foram positivas. Isso me passou uma segurança, uma vontade imensa de estar aqui. Cada um sabe o que faz de escolhas. Tenho muita convicção daquilo que faço, quando apareceu a possibilidade é uma alegria enorme estar aqui e participar desse projeto. Sei de todas as dificuldades, não estou aqui para contar historinha para ninguém. É uma competição muito difícil, não vai ser fácil, mas acredito que possamos tirar mais desse elenco, temos de onde tirar mais e tentar uma estabilidade.

CONVITE EM 2019
“Já tive meu nome relacionado ao Botafogo algumas vezes, mas efetivamente um convite (esse agora) foi a primeira vez.”

RESPALDO DA TORCIDA
“Confiança com o torcedor é só através de resultados, de boas atuações. O ideal é jogar bem e ganhar os jogos, e é nessas duas frentes que trabalho muito. Sei que não vou conseguir isso de maneira imediata, mas precisamos de alguma forma encontrar um caminho para dar mais estabilidade para a equipe, mais confiança.”

ATMOSFERA DE DERROTAS
“Temos que preparar os atletas da melhor forma possível, em todos os aspectos. Uma equipe está bem preparada quando ela passa por todas as situações que o jogo pode te oferecer. Um jogo de futebol é feito de vários pequenos jogos. É importante saber que em determinado momento você será superior ao adversário, em outro momento ele será superior, tem que saber lidar com todos esses momentos. Não podemos colocar isso na cabeça, somatizando demais, parece que fica valorizando demais essas questões. Momento de dificuldade para mim não é momento de dar passo para trás. Pelo contrário, é dar um passo para frente, enfrentar as dificuldades.”

Assista à coletiva de apresentação de Enderson Moreira na Botafogo TV:

Fonte: Redação FogãoNET

Notícias relacionadas
Comentários