Jornalista faz projeção para daqui a cinco anos: ‘Vamos olhar o Botafogo de maneira diferente’

168 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

André Hernan, jornalista
YouTube/André Hernan

Com um canal próprio no YouTube, o jornalista André Hernan foi perguntando sobre como acredita que o Botafogo estará daqui a cinco anos. Com elogios a John Textor, ele projeta um cenário otimista.

– Ouço muito das pessoas do futebol, principalmente dirigente e treinador, o exemplo do Klopp, que demorou três anos para ser campeão no Liverpool. A realidade é diferente, mas vamos pegar como exemplo. O Klopp, super vencedor no futebol da Alemanha, demorou três anos para conquistar um título, depois ganhou tudo. Esse pensamento europeu, do futebol que vemos como modelo de gestão, é o do Textor. Chegou falando “não vamos pensar em títulos, o Botafogo no primeiro ano é meio de tabela”. O cara tinha razão, sabe onde está investindo o dinheiro dele. Esses caras não são bobos. Entendo que daqui a cinco anos nós, que trabalhamos no dia a dia do futebol e outros torcedores, vamos olhar o Botafogo de maneira diferente. Se tudo caminhar como vem caminhando. Se o Textor quisesse se mandar, não estaria fazendo contratações importantes como essas que fez agora. É para você pensar, ter paciência, e daqui a cinco anos o futebol em si vai olhar o Botafogo de outra maneira – aposta Hernan.

O jornalista foi o primeiro a noticiar o acerto encaminhado do Botafogo com o meio-campista Gabriel Pires, do Benfica. Ele acredita que o clube deu um tiro certeiro

– Conversei com algumas pessoas do Fogão que estão muito empolgadas com a chegada desse jogador, de meio-campo, que tem chute de média e longa distância, forte fisicamente, com perfil europeu. Gabriel Pires chega para ajudar e ter qualidade no meio. Para mim, foi uma grande contratação. Gostei muito. É uma contratação bastante, não vou dizer ousada, mas diferente, sai do comum, é arrojada – elogiou.

Fonte: Redação FogãoNET e Canal do André Hernan

Notícias relacionadas