Julio Cesar até hoje não entende demissão em 2014 e conta que Marcelo Mattos ‘escapou’: ‘Foi bem feio o que o Botafogo fez’

51 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Julio Cesar, ex-lateral do Botafogo
Reprodução/Charla Podcast

Lateral-esquerdo do Botafogo em 2013 e 2014, Julio Cesar acabou saindo demitido pelo presidente Mauricio Assumpção, assim como Edilson, Bolívar e Emerson Sheik. O ex-jogador ainda não entende o motivo do rompimento do contrato.

Em entrevista ao “Charla Podcast”, ele lembrou o episódio e revelou que Marcelo Mattos quase foi demitido junto.

– Até hoje não sei o motivo, já encontrei com pessoas ligadas ao presidente Mauricio Assumpção, não sabem o que aconteceu. Fica difícil dizer algo. Talvez por sermos líderes, no momento vivendo atraso de salários, ele não estava à vontade de circular pelos vestiários do estádio, não aparecia. Sidnei Loureiro era diretor de futebol, gente boa, falava que quando ele saísse é porque deu ruim mesmo. Segurava, conseguia um ou outro mês de salário. Chegou o (Wilson Gottardo), azedou o caldo. Mauricio parou de circular. Queria mexer na gente, no Jefferson não dava, porque era ídolo. O Marcelo tinha anos de casa e conhecia bastante gente, conseguiu reverter – contou.

(Vagner) Mancini falou que éramos nós cinco, mas Marcelo Mattos estava machucado, em São Paulo. O aviso do Gottardo veio na noite falando que o presidente nos afastou. Meu empresário falou para eu me apresentar normalmente. Tentei falar com o Sheik, não consegui, 11h da noite era difícil falar com ele. Fomos para o treino, subimos, teve confusão feia Gottardo e Bolívar. Foi um negócio bem feio que o Botafogo fez – disse.

– Gottardo foi jogador, faltou malandragem. Não precisava ter chegado como chegou, com muita autoridade, podia conversar no vestiário. A gente estava na cabeça que se não treinasse ia tomar justa causa. Não tinha nada escrito. Já vi umas quatro entrevistas do Mauricio, porque sou curioso, em nenhuma fala o motivo, pede para fugir do assunto. Quando fomos mandado embora não estávamos na zona de rebaixamento, segurávamos muita coisa – completou.

Veja o vídeo:

Fonte: Redação FogãoNET e Charla Podcast

Notícias relacionadas