Lateral do Botafogo destaca importância de John Textor e elogia estrutura do clube: ‘Mudanças foram rápidas e significativas’

7 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Lateral do Botafogo destaca importância de John Textor e elogia estrutura do clube: ‘Mudanças foram rápidas e significativas’
Vitor Silva/Botafogo

Depois de quase 13 anos na Europa, Marçal topou o desafio de voltar ao Brasil e defender as cores do Botafogo. O fato de o clube ter virado SAF e ter no comando John Textor pesou para a decisão do camisa 21 alvinegro, que só fez elogios ao empresário norte-americano e à forma como ele vem conduzindo o Glorioso.

– (Se não fosse SAF) É claro que você iria conversar, porque é Botafogo, mas sem SAF fica com o pé atrás por causa de gestão. Agora, por exemplo, ainda tem muitas coisas para regularizar, como bicho, salário, imagem, mas não é um problema financeiro, é só problema de fluxo, não tem problema nenhum! Agora, se você conversa com um jogador e o cara fala que não recebeu, querendo ou não espanta o jogador. O John não ter só investido, mas também ter metido a cara, ir no vestiário, no CT, mostra o envolvimento dele. Encontrei uma vez com ele no hotel, ele comentou que talvez investiria no Lyon, mas deixou claro: “Meu projeto principal é o Botafogo” – revelou Marçal, em entrevista ao canal “Resenha com TF”.

Marçal atuou por grandes clubes como Benfica e Lyon antes de atuar pelo Wolverhampton, na Premier League, e teve contato com grandes estruturas de treinamento. O Botafogo ainda procura um CT, fez melhorias no Espaço Lonier e as atuais condições foram alvo de elogios do jogador.

– Quando eu cheguei as mudanças foram rápidas e significativas, hoje o pessoal vai treinar tranquilo. É claro que tem que melhorar muita coisa, mas para aquilo que o jogador precisa… O que o Lyon tem, poucos times têm. Se o Lyon é nota 10, não dá para eu colocar um número no Botafogo. O Wolverhampton era 6, tinha tudo que eu precisava. Hoje eu tenho tudo que preciso no Botafogo, então daria um 8 ou 8,5. Ainda tem umas coisinhas para melhorar, já falaram que vão nos dar mais opções para nos recuperar mais rapidamente, ficar mais pronto para o jogo seguinte – confidenciou o lateral.

Fonte: Redação FogãoNET e Canal Resenha com TF

Notícias relacionadas