Mauro Cezar: ‘Chegada do investidor estrangeiro é extremamente positiva, talvez a salvação do Botafogo. Mas é preciso ter calma’

64 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Mauro Cezar: ‘Chegada do investidor estrangeiro é extremamente positiva, talvez a salvação do Botafogo. Mas é preciso ter calma’
Vitor Silva/Botafogo

O Botafogo com John Textor, empresário americano que adquiriu a SAF (Sociedade Anônima do Futebol) alvinegra, tem tudo para mudar de prateleira no futebol brasileiro. Para o comentarista Mauro Cezar Pereira, no quadro “Fala, Maurão”, no “UOL Esporte”, a torcida tem direito de ficar eufórica.

O jornalista destacou que o Botafogo viveu um bom ano em 2021, mas teria temporadas difíceis sem o investimento de Textor. Contudo, ele pede paciência à torcida para não exagerar nas expectativas iniciais.

– Serão anos mais tranquilos? Tudo indica que sim, e essa chegada do investir estrangeiro deve ser vista como algo extremamente positivo, talvez a salvação do Botafogo. No entanto, é preciso calma. John Textor não parece ser um daqueles investidores que chega para comprar a banca, e não a ponto de chegar no patamar de Atlético-MG, Palmeiras e Flamengo – opinou.

– O botafoguense tem que entender que chegada de investidor pode ser a salvação, mas não significa necessariamente que o Botafogo vá brigar lá no topo. Mas, certamente, o Botafogo não deve brigar lá embaixo. Já é um progresso. E aí, pouco a pouco, temporada a temporada, com o apoio do torcedor, quem sabe o clube possa formar times mais fortes e brigar entre os principais times do futebol brasileiro – adicionou.

Fonte: Redação FogãoNET e UOL

Notícias relacionadas