Com o mesmo objetivo, Botafogo e Cruzeiro duelam fazendo contas diferentes na Série B

9 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Chay - Botafogo x Cruzeiro
Vitor Silva/Botafogo

Vice-líder, sério candidato ao título, mas ainda de olho na garantia matemática para obter o acesso. Décimo segundo colocado, a 10 pontos do G4 e tentando engatar uma arrancada para manter vivo o sonho da volta à Série A. Botafogo e Cruzeiro miram o mesmo objetivo, mas percorrem caminhos diferentes na atual edição do Brasileirão da Série B. Hoje, os campeões brasileiros se enfrentam no Independência, às 21h30, em partida com ares de definição.

Uma derrota pode significar aos mineiros uma distância complicadíssima do pelotão de cima com apenas oito rodadas – e 24 pontos – em disputa. Vindo de duas vitórias consecutivas, sendo a última contra o líder Coritiba, o Cruzeiro tenta transformar o momento em arrancada. Segundo o departamento de matemática e estatística da UFMG, os comandados de Vandelei Luxemburgo têm 03,4% de chances de conseguir o acesso.

No Botafogo, a situação é bem mais confortável. Os 51 pontos, três atrás do Coxa, permitem ao Alvinegro sonhar com o título, caminho que pode se facilitar nessa rodada: o líder vai a São Januário enfrentar o Vasco, num confronto que pode ser fundamental para o cruz-maltino na reta final da Série B. Em relação ao acesso, o Botafogo tenta abrir mais três pontos do quinto colocado, uma “gordura que permitiria aos cariocas respirarem com mais folga na luta pela volta à elite. De acordo com a UFMG, o Alvinegro tem 86,1% de chances de garantir o acesso e 25,9% de ficar com o título.

Os comandados de Enderson Moreira têm mais dois jogos difíceis no calendário próximo, entre outras partidas: no dia 26, enfrentam o Goiás, e no dia 7, fazem clássico com o Vasco. Pontuar no Independência esta noite pode ser, inclusive, um alívio para essa tensa reta final.

Loureiro de volta

Liberado da partida contra o CRB para acompanhar o nascimento da filha, o goleiro Diego Loureiro volta ao time titular do Botafogo. Pelo lado mineiro, o zagueiro Ramon e o volante Ariel Cabral estão suspensos. O atacante Marcelo Moreno segue com a seleção boliviana para a disputa das Eliminatórias.

Fonte: O Globo

Notícias relacionadas