Preterido em 2020, Luís Oyama reencontra Ponte Preta como destaque no Botafogo e perto do acesso

33 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Luís Oyama, com as camisas de Ponte Preta (2020) e Botafogo (2021)
Divulgação | Ponte Preta/Botafogo

Nada como um dia após o outro. Se foi uma das decepções e não atuou como imaginava na Ponte Preta em 2020, Luís Oyama deu a volta por cima no Botafogo. Nesta quinta-feira, o camisa 5 reencontra o Macaca, já que as duas equipes se enfrentam às 19h no Moisés Lucarelli, pela 35ª rodada da Série B do Brasileirão.

Foram apenas 21 jogos pela Macaca na última temporada, sem gols ou assistências. No Botafogo, a coisa é diferente: Luís Oyama, mesmo alternando entre o time titular e o reserva, é um dos destaques da campanha do Alvinegro, com acesso encaminhado para a elite do Campeonato Brasileiro.

A diferença é tão gritante que o camisa 5 já havia superado alguns números e números vividos com a camisa Ponte Preta no ano passado ainda em agosto, como jogador do Botafogo.

Luís Oyama foi um dos principais jogadores na goleada por 4 a 0 sobre o Vasco, no último domingo, e vem se colocando como uma peça fundamental para Enderson Moreira. Emprestado pelo Mirassol até o fim da temporada, o Alvinegro tem opção de compra para ficar com o meio-campista para 2021.

Se o Botafogo tem o acesso encaminhado – e até mesmo pode se garantir matematicamente na Série A nesta quinta-feira -, Luís Oyama viverá um reencontro de superação pessoal.

Fonte: Terra

Notícias relacionadas