Red Bull Bragantino irá à CBF questionar linha de impedimento traçada pelo VAR em gol anulado contra o Botafogo

59 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Red Bull Bragantino irá à CBF questionar linha de impedimento traçada pelo VAR em gol anulado contra o Botafogo
Reprodução/SporTV

O Red Bull Bragantino vai fazer um questionamento formal à CBF em relação à linha de impedimento traçada pelo VAR no primeiro de seus dois gols anulados contra o Botafogo, informa o Blog do Rodrigo Mattos, do “UOL”.

A diretoria do clube paulista entende que a linha foi traçada de forma errada, sem ser paralela ao fundo do campo. Segundo a argumentação, as imagens mostram as linhas da computação gráfica não parelalas às faixas do gramado.

Segundo o “UOL”, a diretoria do Red Bull “levantou outros dois lances de impedimento no estádio e as linhas de VAR traçadas estão, sim, paralelas às faixas do campo”.

Além disso, de acordo com a reportagem do Blog do Rodrigo Mattos, as faixas são feitas por uma máquina de corte de grama e “são exatamente paralelas à linha de fundo e perpendiculares às linhas laterais”.

Ainda segundo a matéria, os árbitros que trabalham no VAR admitem que as faixas de corte do gramado são usadas como referência na calibragem do equipamento, assimo como a linha de fundo.

No entendimento do Red Bull, Kanu seria o último homem do Botafogo e quem deveria ser a referência para traçar a linha. Além disso, a diretoria do clube paulista argumenta que a CBF não mostrou durante a transmissão as imagens da linha sendo tracejada.

Questionado pelo “UOL”, o chefe da comissão de arbitragem da CBF, Wilson Seneme, ainda não respondeu sobre a análise do lance. A entidade ainda não divulgou também as imagens do VAR em seu site.

Fonte: Redação FogãoNET e Blog do Rodrigo Mattos (UOL)

Notícias relacionadas