Regulamento do Campeonato Carioca-2023 prevê novamente punição para quem não usar time principal após a terceira rodada

101 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Regulamento do Campeonato Carioca-2023 prevê novamente punição para quem não usar time principal após a terceira rodada
Pedro Borges/VRFC

Apesar do Botafogo ter entrado em negociações com a Ferj para poder utilizar o time B no Campeonato Carioca, o regulamento da competição para 2023 não mudou e segue prevendo uma punição às equipes que não utilizarem seu time principal a partir da terceira rodada da competição.

O regulamento foi definido na última sexta-feira, na reunião do Conselho Arbitral do Estadual. A pena para os clubes seria a perda do valor da cota de TV, apesar de ainda não haver uma definição de qual emissora vai transmitir os jogos no ano que vem, seja na TV aberta, fechada, pay-per-view ou streaming.

A associação que, sem justo motivo, assim reconhecido pelo DCO da FERJ, deixar de utilizar sua equipe considerada principal, após a 3ª Rodada da Taça Guanabara, perderá o valor correspondente a totalidade de sua cota fixa mínima de direito de transmissão do contrato coletivo e, caso já a tenha recebido ou não faça jus, pagará uma multa equivalente a cota mínima estabelecida para um dos clubes grandes aderente, que será revertida em benefício dos demais clubes participantes do campeonato e signatários do contrato de transmissão coletiva“, diz o artigo 50 do regulamento do Cariocão-2023.

A intenção do Botafogo é levar o grupo principal para uma pré-temporada nos Estados Unidos, em janeiro – os atletas se reapresentam apenas no início de 2023. O time B, que deve pelo menos iniciar o Cariocão, deve começar a preparação em meados de dezembro. A primeira rodada do Estadual está marcada para os dias 14 e 15 de janeiro.

Fonte: Redação FogãoNET

Notícias relacionadas