Técnico do Botafogo vê arbitragem como ponto negativo no empate com o Cruzeiro: ‘Conseguiu desagradar a todos’

45 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Enderson Moreira em Cruzeiro x Botafogo | Série B do Campeonato Brasileiro 2021
Reprodução/Premiere

O empate em 0 a 0 com o Cruzeiro teve um ponto negativo na avaliação do técnico do Botafogo, Enderson Moreira: a arbitragem. A atuação do juiz Denis Serafim (AL) foi bastante contestada pelos dois clubes, a ponto de ambos os treinadores – Enderson e Vanderlei Luxemburgo – terem sido advertidos com o cartão amarelo.

– Um fator negativo foi a arbitragem. Muito ruim, lance de falta a nosso favor muitas vezes não era marcado. Ele deixava o jogo correr para um lado e não para o outro. O árbitro conseguiu desagradar a todos, cada um com seu motivo – opinou Enderson, durante a entrevista coletiva.

Com menos de um minuto de jogo, Denis Serafim poderia ter expulsado Léo Santos, que deu uma tesoura em Rafael Navarro, mas ele não mostrou sequer o cartão amarelo. Além disso, marcou um toque de mão que originou uma falta perigosa a favor do Cruzeiro que não existiu – a bola toca na cintura de Pedro Castro -, entre outros lances.

A escalação de Denis Serafim pela CBF gerou muita contestação do Botafogo, com repúdio público do presidente alvinegro Durcesio Mello. Além de ser de Alagoas – estado de CRB e CSA, que estão disputando o acesso -, Denis teve atuação desastrosa na vitória alvinegra sobre o Vila Nova, deixando de marcar dois pênaltis a favor do Glorioso.

Fonte: Redação FogãoNET

Notícias relacionadas