Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

BOTAFOGO PERDE PARA O VASCO NOS PÊNALTIS E FICA COM O VICE DA TAÇA RIO

199 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Vasco x Botafogo - Final da Taça Rio
Vitor Silva/Botafogo

O Botafogo enfim mostrou um futebol melhor e venceu o Vasco da Gama por 1 a 0 neste sábado, em São Januário, no último teste antes da Série B. Na disputa de pênaltis, no entanto, os cruz-maltinos levaram a melhor, venceram por 3 a 0 e conquistaram a Taça Rio, torneio que vale o quinto lugar do Campeonato Carioca.

Precisando da vitória para ser campeão, o Botafogo adotou uma postura agressiva no primeiro tempo, coisa rara na era Marcelo Chamusca. Logo no primeiro minuto, o Glorioso teve sua principal chance: após escanteio da direita, Pedro Castro cabeceou livre na área e jogou por cima do gol.

Marcando no campo de ataque, o Botafogo não deixou o Vasco jogar, mas mostrou limitações para criar chances mais agudas, sem um meia de ofício. O Glorioso foi ter outra oportunidade só aos 32 minutos: Ronald saiu rápido pela direita, Rafael Navarro soltou a bomba e Vanderlei defendeu bem, evitando o gol.

No segundo tempo, o Vasco conseguiu equilibrar mais as ações. Logo aos três minutos, Gabriel Pec saiu em velocidade e chutou forte, no canto, para a difícil defesa de Douglas Borges. O Botafogo, no entanto, conseguiu abrir o placar, aos 26 minutos: Rafael Navarro chutou na sobra, Vanderlei espalmou e Gilvan, de cabeça, aproveitou o rebote, fazendo 1 a 0.

O jogo ficou mais aberto, mas o Botafogo pareceu prevalecer na questão física e estava mais inteiro no fim do jogo. Aos 41 minutos, o Glorioso teve a chance do segundo gol e ficar com o título no tempo normal: Ênio rolou da esquerda, mas Felipe Ferreira, livre, acabou exagerando na força e isolou. A Taça Rio seria, então, definida nos pênaltis.

Se foi bem nos 90 minutos, o Botafogo foi uma lástima nos pênaltis – assim como contra o ABC, na segunda fase da Copa do Brasil. Pedro Castro, Felipe Ferreira e Matheus Frizzo desperdiçaram as três cobranças, defendidas por Vanderlei, e o Vasco venceu a disputa por 3 a 0.

Próximos jogos do Botafogo

Acabou o Campeonato Carioca. Agora, o Botafogo parte para seu principal desafio na temporada, que é retornar à Primeira Divisão. Já na sexta-feira, às 21h30, o Glorioso estreia na Série B contra o Vila Nova, no OBA, em Goiânia. Depois, o Fogão recebe o Coritiba, dia 5, no Nilton Santos.

FICHA TÉCNICA
VASCO (3) 0 X 1 (0) BOTAFOGO

Estádio: São Januário
Data-Hora: 22/05/2021 – 15h05
Árbitro: Mauricio Machado Coelho Junior (RJ)
Assistentes: Carlos Henrique Alves de Lima Filho (RJ) e Lilian da Silva Fernandes Bruno (RJ)
Renda e público: Portões fechados
Cartões amarelos: Warley (BOT)
Cartões vermelhos:
Gols: Gilvan 26’/2ºT (0-1)
Pênaltis: Andrey, Zeca e Gabriel Pec fizeram (VAS); Pedro Castro, Felipe Ferreira e Matheus Frizzo desperdiçaram (BOT)

VASCO: Vanderlei; Léo Matos, Ernando, Ricardo Graça e Zeca; Andrey, Matías Galarza (Rômulo 29’/2ºT) e Morato (Figueiredo 21’/2ºT); Gabriel Pec, Cano e Léo Jabá (Juninho 38’/2ºT) – Técnico: Marcelo Cabo.

BOTAFOGO: Douglas Borges; Warley, Kanu, Gilvan e PV (Rafael Carioca 24’/2ºT); Romildo (Matheus Frizzo 24’/2ºT), Ricardinho (Felipe Ferreira 14’/2ºT) e Pedro Castro; Ronald (Marcinho 33’/2ºT), Rafael Navarro e Marco Antônio (Ênio 33’/2ºT) – Técnico: Marcelo Chamusca.

Fonte: Redação FogãoNET

Notícias relacionadas
Comentários