BOTAFOGO HUMILHA O VASCO EM SÃO JANUÁRIO E ASSUME A LIDERANÇA DA SÉRIE B

87 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Rafael Navarro - Vasco x Botafogo
Vitor Silva/Botafogo

Uma tarde histórica! O Botafogo humilhou o Vasco com um goleada por 4 a 0 neste domingo, dentro de São Januário, assumiu a liderança da Série B a quatro rodadas do fim com 62 pontos e deixou o acesso ainda mais bem encaminhado. Além disso, pôs o rival ainda mais em crise e com a certeza de que vai ficar mais um ano na Segundona.

Foi uma atuação para a eternidade do clássico. A vitória deste domingo foi a maior do Botafogo sobre o Vasco dentro de São Januário em toda a história, e a segunda maior do confronto em qualquer local, perdendo apenas para os 5 a 0 de 1948. O Fogão agora espera apenas a confirmação da matemática para celebrar a volta à Série A!

O jogo

O clássico começou com o Vasco em cima, e o goleiro Diego Loureiro fez duas ótimas defesas com menos de dez minutos em chute de Cano e na cabeçada de Ricardo Graça. Aí o Glorioso aproveitou o que queria: o contra-ataque. Luís Oyama esperou e enfiou para Warley, que avançou pela direita e rolou para Marco Antônio fazer 1 a 0.

O gol transformou o pouco apoio dos vascaínos em São Januário numa pressão ainda maior. E o Botafogo foi lá e aproveitou os espaços deixados pelo desespero do Vasco. Aos 19 minutos, Carlinhos enfiou para Diego Gonçalves na esquerda rolar para o meio da área para Rafael Navarro, de carrinho, dobrar a vantagem.

A situação ficou ainda melhor depois que Léo Matos foi expulso aos 25 minutos. Com tudo a favor, o Fogão seguiu em cima e fez o terceiro aos 35: Luís Oyama lançou, Marco Antônio entrou livre em direção ao gol e marcou o segundo dele. No fim, Pedro Castro ainda acertou a trave em cobrança de falta de longe que Lucão ainda desviou.

Já com São Januário vazio, o clássico teve o segundo tempo meramente protocolar. O Botafogo ainda chegou ao quarto gol no início: após escanteio da esquerda, Pedro Castro cabeceou para o meio e Diego Gonçalves conferiu. O lance chegou a ser invalidado pelo VAR, mas depois o gol foi confirmado, numa situação bem confusa.

O Fogão continuou trocando passes no setor ofensivo em busca do quinto gol, mas o Vasco se fechou para não tomar ainda mais e o clássico terminou com vitória do Glorioso por 4 a 0, para delírio absoluto dos mil alvinegros que esgotaram sua carga de ingressos no clássico em São Januário.

Próximos jogos do Botafogo

O Botafogo volta a campo na próxima quinta-feira para enfrentar a Ponte Preta, às 19h, no Moisés Lucarelli. Depois, no feriado do dia 15, o Glorioso recebe o Operário-PR, às 16h, no Nilton Santos, com ingressos já à venda.

FICHA TÉCNICA
VASCO 0 X 4 BOTAFOGO

Estádio: São Januário
Data-Hora: 07/11/2021 – 16h
Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (Fifa/SP)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (Fifa/SP) e Michael Stanislau (RS)
VAR: Vinicius Furlan (SP)
Renda e público: R$ 128.038,00 / 5.496 pagantes / 5.536 presentes
Cartões amarelos: Léo Matos, Ricardo Graça e Andrey (VAS); Carli (BOT)
Cartões vermelhos: Léo Matos 25’/1ºT (VAS)
Gols: Marco Antônio 11’/1ºT (0-1), Rafael Navarro 19’/1ºT (0-2), Marco Antônio 35’/1ºT (0-3) e Diego Gonçalves 12’/2ºT (0-4)

VASCO: Lucão; Léo Matos, Ricardo Graça, Leandro Castán e Zeca; Bruno Gomes, MT (Wálber – Intervalo), Marquinhos Gabriel e Nenê; Morato (Andrey – Intervalo) e Cano (Gabriel Pec 25’/2ºT) – Técnico: Fernando Diniz.

BOTAFOGO: Diego Loureiro; Daniel Borges (Ronald 30’/2ºT), Carli, Kanu e Carlinhos; Luís Oyama, Pedro Castro e Marco Antônio (Matheus Frizzo 25’/2ºT); Warley (Rafael 25’/2ºT), Rafael Navarro (Rafael Moura 30’/2ºT) e Diego Gonçalves (Luiz Henrique 38’/2ºT) – Técnico: Enderson Moreira.

VÍDEO | Gols e melhores momentos:

Confira a classificação da Série B:

Standings provided by SofaScore LiveScore

Fonte: Redação FogãoNET

Notícias relacionadas