Vítor Severino crê em ‘cobrança maior’ no Botafogo em 2023: ‘Projeto é para ser gigante novamente’

22 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Vítor Severino, auxiliar técnico do Botafogo
YouTube/Resenha com TF

Como será o 2023 do Botafogo? Uma semana após acabar o Campeonato Brasileiro e com a Copa do Mundo se iniciando, é possível ter poucas certezas em relação à próxima temporada. Uma delas é que a responsabilidade será maior.

O auxiliar técnico Vítor Severino acredita que haverá mais pressão e vê o fato como positivo.

– Com certeza a cobrança vai ser maior, é como é óbvio. A equipe já tem elenco diferente, mais consolidada, vai ter pré-temporada, a cobrança será grande porque as expectativas são mais elevadas. É bom que seja assim. Se somos um time grande, tem que ter cobrança. Treinadores passam, dirigentes, jogadores, mas o clube continua, cobrança tem que existir. Se deixar de existir a cobrança, o projeto deixa de ser para fazer o Botafogo ser novamente gigante. O projeto surge para que o Botafogo possa a ser gigante novamente, a nível de o torcedor sentir que luta e compete contra todos os adversários – garante Severino.

– Mas temos consciência que o segundo ano ainda não vai ser à imagem que a torcida espera que seja, de lutar ao título no primeiro lugar. Provavelmente não vai, Deus queira que seja. O projeto é de médio a longo prazo. Tenho certeza que a cobrança vai ser igual ou maior – completou, em entrevista ao canal “Resenha com TF”.

Fonte: Redação FogãoNET e Resenha com TF

Notícias relacionadas