Botafogo tem dez destaques do sub-20 com contrato terminando no fim do ano

26 comentários

Blog da Redação

Blog da Redação

Compartilhe

Elenco - Final da Copa do Brasil Sub-20
Vitor Silva/Botafogo

O Botafogo corre risco de perder destaques do sub-20 de graça ao término do ano. Levantamento mostra que dez atletas que são titulares ou atuam com frequência – muitos deles já utilizados pelos profissionais – têm contrato apenas até novembro ou dezembro.

Estão nessa situação o goleiro Igo (emprestado pelo CSA), os laterais Vitor Marinho (emprestado pelo Resende) e Hugo, os zagueiros Lucas Mezenga (emprestado pelo Nova Iguaçu), Henrique Luro e Ewerton, o meia Juninho e os atacantes Vitinho, Rikelmi (emprestado pelo Juventus-SP) e Gabriel Conceição.

Todos estes atletas são nascidos em 2001 e, portanto, vivem seu último ano de sub-20. Porém, em virtude da pandemia de Covid-19, poderão atuar na Copa São Paulo de Juniores no ano que vem – isso, claro, se tiverem seus vínculos renovados com o Botafogo, já que a competição ocorre em janeiro.

Alguns deles, inclusive, estão há algum tempo cedidos ao elenco profissional, como Lucas Mezenga (titular em três jogos na Série B) e Hugo (com cinco jogos no time principal nesta temporada). Dos atletas citados, apenas Rikelmi, Vitinho e Gabriel Conceição – autor de 12 gols em 2021 – ainda não foram relacionados para jogos do time de cima.

Banner de produtos com frete grátis na loja do FogãoNET: bolsas de academia e mochila do Botafogo

JOGADORPOSIÇÃOFIM CONTRATOEMPRESTADO POR
EwertonZagueiro30/11/2021
Gabriel ConceiçãoAtacante31/12/2021
Henrique LuroZagueiro31/12/2021
HugoLateral-esq.31/12/2021
Igo GabrielGoleiro31/12/2021CSA
JuninhoMeia31/12/2021
Lucas MezengaZagueiro31/12/2021Nova Iguaçu
RikelmiAtacante30/11/2021Juventus-SP
VitinhoAtacante30/11/2021
Vitor MarinhoLateral-dir.30/11/2021Resende

Notícia do “Lance” dá conta de que pelo menos um já tem a situação bem encaminhada para renovar: é o meia Juninho, capitão da equipe sub-20. O jogador foi alvo recente do interesse de Fluminense e Santos e tem tudo alinhavado para fechar contrato com o Botafogo até 2024.

Apenas dois atletas nascidos em 2001 têm contrato mais longo: o volante Guilherme Liberato (até dezembro de 2022) e o atacante Gabriel Henrique (até abril de 2022). Estes estão, a princípio, garantidos no elenco profissional na próxima pré-temporada.

Alguns devem sair…

São ainda mais seis jogadores no último ano de sub-20 com contrato profissional se encerrando. Porém, como eles não têm jogado com frequência, é bem provável que a diretoria opte por não renovar. São eles os meias Marcos Vinícius, Marlon e Ryan (emprestado pelo Nacional-SP) e os atacantes Wesley (emprestado pela Cabofriense), Pedrinho e Christian.

Fonte: Redação FogãoNET

Notícias relacionadas