Pitacos: Diego Gonçalves vira protagonista no Botafogo; Gatito volta bem; Breno e Fabinho formam boa dupla

45 comentários

Blog da Redação

Blog da Redação

Compartilhe

Pitacos: Diego Gonçalves vira protagonista no Botafogo; Gatito volta bem; Breno e Fabinho formam boa dupla
Vitor Silva/Botafogo

* Jogador de 27 anos, contrato até 2023, gols importantes na Série B do ano passado… Coadjuvante importante na última temporada, Diego Gonçalves tem se tornado protagonista no Botafogo em 2022. Peça ofensiva mais experiente, o atacante tem assumido a responsabilidade da criação e a chegada para finalizar. E pode crescer muito mais.

* Diego tem características interessantes, como a velocidade, o controle e a batida na bola. Cria espaços, corre, se dedica, é perigoso nos chutes e importante no jogo aéreo. É claro que tem defeitos, como às vezes parecer disperso no jogo, mas é quem mais tem tentado. Começou o ano com uma assistência e dois gols.

* Com a chegada de reforços, é possível que todo o ataque do Botafogo mude. Mas Diego Gonçalves tem chance de se manter. Assim como Matheus Nascimento está em nítido crescimento, antes até mesmo do previsto, com apenas 17 anos. A promessa alvinegra tem muito talento e realmente é diferente. Mas ainda precisa de mais tempo para ser lapidado.

* Dois jogadores, entretanto, ainda não se encontraram e estão desperdiçando grandes oportunidades na carreira. Um deles é Felipe Ferreira, que não empolga, não vibra nem tenta participar mais. Era hora de comer grama atrás do espaço. Outro é Vitinho, que até se esforça, mas mostra nervosismo e ansiedade em praticamente todas as jogadas, perdendo demais a posse de bola.

* O que falta em ambos pôde ser visto em Raí. Foi inteligente, participativo e determinado. Acabou coroado com o quarto gol na vitória do Botafogo por 4 a 2 sobre o Madureira, o que deu a liderança do Campeonato Carioca ao Glorioso. Tem futuro, mas vai precisar de mais intensidade.

* No gol, é legal ver que Gatito Fernández voltou em bom nível. Havia dúvidas sobre o retorno do paraguaio, mas o goleiro tem passado segurança e tranquilidade, duas de suas principais virtudes. O Carioca é ótimo para ele recuperar o ritmo.

* No meio, Breno tem sido elogiado, com toda razão, pelo poder de marcação e pela qualidade com a bola. Encaixou rapidamente. Mas Fabinho, mesmo que com menos destaque, também começou bem e forma uma boa dupla com Breno. O experiente volante entrega movimentação e intensidade. Juntos, podem evoluir bem no meio-campo alvinegro.

* Em relação à vitória sobre o Madureira, foi importante a reação e o poder ofensivo, diante de um adversário bastante frágil. O Botafogo bobeou defensivamente, de forma não usual, e perdeu muitas chances na frente, o que também não é comum. Mas não se abateu com o resultado adverso, insistiu, mostrou personalidade e virou bem. Bom sinal.

Fonte: Redação FogãoNET

Notícias relacionadas