Botafogo reiniciará negociação por Ojeda em 2023 e oferecerá valores mais baixos

130 comentários

Blog do Gentile

Blog do Gentile

Compartilhe

Botafogo reiniciará negociação por Ojeda em 2023 e oferecerá valores mais baixos

O Botafogo viu sua proposta por Martin Ojeda ser recusada pelo Godoy Cruz, como informou o jornal O Globo. Essa já era a maior probabilidade já que os argentinos não se mostraram decididos a liberar o atleta em meio a luta contra o rebaixamento no Campeonato Argentino. O Alvinegro segue desejando o ponta, mas para a próxima temporada, mas ainda não abriu nenhuma negociação nesse sentido.

O cenário de hoje é que o Godoy não quer liberar o atleta em 2022, mas a partir de outubro, quando acaba o campeonato local. O Botafogo, como disse, quer o atleta para 2023. O problema é que isso significa literalmente uma nova negociação, com novos valores.

O Botafogo não aceita pagar os mesmos valores que vinha negociando para ter Ojeda já em 2022. A diretoria alvinegra vai fazer uma nova oferta, inferior ao que vinha sendo debatido nos últimos dias. Inclusive, o clube do Nilton Santos não parece com pressa.

Isso porque até um possível rebaixamento do Godoy Cruz no Campeonato Argentino pode influenciar no valor de Ojeda – a competição só chegará ao fim em outubro. No entanto, esperar tanto para fechar com o atleta poderá trazer novos interessados no cenário.

É preciso entender o quanto o Botafogo quer Ojeda e o quanto o argentino é fundamental no planejamento de 2023. Se a expectativa for alta, não faz sentido não fechar o mais rápido possível com o jogador. Mesmo que pague valor parecido com o que se negociava recentemente.

Afinal, o Botafogo quer estar certo ou ser feliz?

Notícias relacionadas