O Botafogo já deve começar a planejar 2019. O empate por 1 a 1 com o Santos sepultou as chances de se conquistar uma vaga na Copa Libertadores. Na verdade essa possibilidade foi embora tão logo terminou a vitória do Atlético-MG sobre o Internacional. O resultado na Vila Belmiro praticamente definiu a vaga na Copa Sul-Americana e assim o Glorioso já sabe as competições que vai disputar no próximo ano.

Mais importante do que pensar no elenco é definir a estratégia. Ela passa obrigatoriamente pelo treinador. Vai de Zé Ricardo mesmo? Particularmente não vejo nenhum problema nisso, mas a definição precisa ser logo feita. O treinador deu sinais de que pretende ficar ao falar em começar logo o planejamento.

Passada a definição sobre a permanência ou não de Zé Ricardo, o Botafogo deve projetar realmente o elenco. Se antecipar ao mercado, já que o dinheiro para reforços é muito curto. Mais uma vez olhar para o mercado sul-americano com equilíbrio e inteligência. De onde veio Joel Carli, por exemplo, podem vir outras boas opções. Tudo é uma questão de trabalhar, ver jogos, estudar tudo o que chega e não se preocupar apenas em ficar viciado nos mesmos empresários. Muitos deles enxergam a história centenária do Botafogo como uma vitrine para boas negociatas.

Não dá para repetir os erros de 2018

A pré-temporada é outro fator importante. Quanto mais cedo ela começar para o clube melhor, pois mais uma vez teremos uma Copa do Brasil com uma primeira fase recheada de armadilhas. O Botafogo pagou um preço alto no ano passado justamente por conta de suas indefinições e escolhas equivocadas, ficando de fora do mata-mata de maneira vergonhosa.

Estamos em 22 de novembro e o clube já sabe o que lhe espera em termos de receita e orçamento. Deixar para definir treinador, elenco e pré-temporada em cima da hora com certeza é correr muitos riscos para um atirador com poucas balas à disposição. Que venha 2019!

LEIA TAMBÉM:
CEP ou Mufarrej? deixo a escolha para depois
Vamos falar de arbitragem?
O preço da indefinição: Botafogo já compromete 2019
Botafogo pode precisar repetir 2012
Botafogo x Roger: Atacante perdeu chance de ficar calado
Botafogo não pode ceder Caio Alexandre de graça
Botafogo precisa se impor contra a Chapecoense
Leonardo Valencia ainda tem muito a dar ao Botafogo
Renan Gorne, Lucas Campos, Leandro Carvalho… Botafogo deve ter um timaço
Moreira Salles no Botafogo: clube já viveu épocas douradas
Botafogo e os pontos que ficaram pelo caminho