O Botafogo sofreu com a falta de vontade de seus jogadores no Campeonato Carioca. A eliminação com certeza custou caro. Não apenas para os cofres do clube, que já luta com grande dificuldade. Mas também para a torcida, que esperava ver pelo menos o time honrando a defesa do título.

Para muitos pode parecer fácil dizer que a falta de vontade foi responsável. Porém, basta olhar para o desempenho do time na Copa do Brasil e na Copa Sul-Americana que vai se perceber que o Botafogo dessas competições em nada lembra o time que foi eliminado no Campeonato Carioca.

Botafogo mostrou pouca vontade mesmo quando goleou

No jogo contra a Portuguesa, por exemplo, precisando ganhar para se manter vivo, apresentou um primeiro tempo ridículo. Depois, na etapa final, mesmo com o adversário já derrubado, foi incapaz de apertar o passo para fazer um saldo de gols que diminuiria a pressão na rodada final. Os 4 a 1, em ritmo de treino, poderiam ser ampliados se a equipe apresentasse o mínimo de vontade. Isso para não falar da apatia na derrota para o Volta Redonda ou quando foi dominado nos minutos finais contra o Fluminense, que tinha muito menos necessidade de vitória.

Como as consequências dos nossos erros recaem justamente sobre nós mesmos, o elenco vai ter que conviver com a pressão de ter que eliminar o Juventude e fazer um bom começo de Campeonato Brasileiro. Do contrário, as cobranças serão ainda mais pesadas e o ambiente pode se complicar de vez. Que a comissão técnica tenha sabedoria para lidar com esta situação.

LEIA TAMBÉM:

O trabalho de Zé Ricardo no Botafogo é fraco?
Mercado da bola me faz lembrar tempos de Emil no Botafogo
Moreira Salles no Botafogo: clube já viveu épocas douradas
Irmãos Moreira Salles em General: Esse é o Botafogo que eu conheço
Botafogo precisa de um nome de peso para o ataque
Novo modelo de gestão é para ontem