Hora de o Botafogo separar os homens dos moleques

0 comentários

Blog do Mansell

Blog do Mansell

Compartilhe

Cícero - Botafogo x Cuiabá - Copa do Brasil
Vitor Silva/Botafogo

O Botafogo perdeu para o Cuiabá. Foi doloroso de fato. O time não consegue marcar gols. Mas ao contrário do que vimos contra o Goiás, a capacidade de produção deixou a desejar. Bruno Lazaroni errou feio na escalação. Cícero não poderia ser o titular. Mas este se torna apenas mais um detalhe na série de erros cometidos.

Apesar do péssimo resultado ainda é possível a classificação. E é nisso que todos no clube devem pensar ao longo dos próximos dias. É preciso dar o algo a mais. Se comportar como um time que quer decidir os jogos. O Botafogo passa a impressão de que joga por jogar. Que tanto faz o resultado. Que basta se esforçar mesmo que o final não seja feliz. Pensar assim não é pensar como botafoguense.

Só discurso bonito não resolve

Honda - Botafogo x Cuiabá - Copa do Brasil
Botafogo sofreu contra o Cuiabá (Foto: Vitor Silva/Botafogo)

Victor Luis falou que não dá para esperar para pegar no tranco. Então ele, como um dos mais experientes, dê o exemplo. Até agora não disse a que veio. O Botafogo não precisa de palavras bonitas após o jogo. Precisa de homens em campo que saibam honrar a camisa do clube.

A Copa do Brasil é fundamental em todos os aspectos. Do financeiro até o fato de ser uma chance de título. É hora de todos no clube, do mais simples funcionário até uma múmia agirem como homens. É a hora de separar os homens dos moleques.

Notícias relacionadas