Com 10, 11 ou 20… Preparo físico do Botafogo precisa ser questionado

0 comentários

Blog do Mansell

Blog do Mansell

Compartilhe

Com 10, 11 ou 20… Preparo físico do Botafogo precisa ser questionado
Vitor Silva/Botafogo

No domingo o Botafogo perdeu Rafael Forster expulso no começo do segundo tempo. Viu o Sport crescer no jogo, diminuir o placar e criar problemas. Na quarta-feira o Botafogo ficou com um homem a mais em campo diante do Grêmio, que está longe de ser uma maravilha. O árbitro expulsou Diego Souza no começo do segundo tempo. Acabou sofrendo o terceiro gol e não deu a impressão em nenhum momento que conseguiria fazer prevalecer a vantagem numérica. Por trás disso existem alguns fatores. Mas um dos principais e que precisa ser questionado é o preparo físico do Botafogo.

O Botafogo morre no fim dos jogo, salvo poucas exceções. Não consegue fazer dois tempos de maneira parecida. E não me refiro aquela irregularidade comum entre os tempos em meio a uma maratona de jogos.

Mochilas, bolsas e carteiras da coleção FogãoNET da Estilo Piti

É preciso ver o óbvio

Honda - Corinthians x Botafogo - Campeonato Brasileiro 2020
Corinthians foi um dos rivais que fez gol no fim do jogo no Botafogo
(Foto: Vitor Silva/Botafogo)

Com um histórico de sofrer gols no fim dos confrontos, o que inclusive compromete seriamente a sua posição na tabela de classificação, o Botafogo precisa deixar de ser dominado na reta final das partidas. Pior do que isso é notar os jogadores pesados em campo, como se carregassem bolas de ferro. Além disso o discurso oficial fala apenas em falta de concentração. Uma cegueira que precisa ser apurada.

Sei que a temporada não está sendo fácil. Mas o problema do preparo físico do Botafogo já vem de algum tempo. Muito antes do coronavírus se assumir para o mundo. E antes que o clube questione o conhecimento que a imprensa tem sobre preparo físico, convido nossos dirigentes a compararem o comportamento do time nos últimos 30 minutos de jogo com o comportamento da maioria dos times. Vai perceber o óbvio. Ou já percebeu e nada quer fazer.

Notícias relacionadas