O pior aconteceu às vésperas do confronto com o Defensa Y Justicia da Argentina pela Copa Sul-Americana. Um dos poucos jogadores que realmente fazem falta ao time do Botafogo não vai a campo. Joel Carli se lesionou e ficará de fora da viagem para Buenos Aires. Justamente em um momento que o xerife botafoguense conseguiu acertar o setor defensivo. Foram três jogos sem levar gols, incluindo o com o próprio Defensa na ida.

Se formos analisar o jogo na Argentina, onde se desenha uma forte pressão do adversário, embalado pela briga pela liderança no Campeonato Argentino, o desfalque de Joel Carli só se equipararia a uma ausência de Gatito Fernández.

Contra-ataque precisa funcionar na Argentina

Zé Ricardo vai utilizar Marcelo no setor. O zagueiro tem qualidade e acredito que venha a ter um futuro bom na carreira. Mas a verdade é que ele e Gabriel formam uma dupla com pouca experiência para este tipo de partida.

Se a defesa virou um problema, pelo menos a capacidade de sair para o contra-ataque, com um time mais leve montado por Zé Ricardo, aumenta a esperança de uma classificação. Alex Santana, Luiz Fernando, Rodrigo POimpão e Erik são jogadores que podem encurtar o caminho para a classificação se conseguirem emplacar o contra-ataque. Que o Alvinegro esteja em um dia digno de sua história. As emoções prometem ser fortes.

LEIA TAMBÉM:

Botafogo tem vitória da tranquilidade
O problema de Rafael Moura no Botafogo não é o passado
Mercado da bola me faz lembrar tempos de Emil no Botafogo
Moreira Salles no Botafogo: clube já viveu épocas douradas
Irmãos Moreira Salles em General: Esse é o Botafogo que eu conheço
Botafogo precisa de um nome de peso para o ataque
Novo modelo de gestão é para ontem
Botafogo precisa avançar muito em 2019: ano crucial
Botafogo e algumas negociações que não dão para entender
Camilo no Botafogo é uma boa para os dois lados
Botafogo deixa erros na formação do elenco evidentes