Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Carioca

17/04/21 às 16:00 - Maracanã

Escudo Fluminense
FLU

X

Escudo Botafogo
BOT

Copa do Brasil

14/04/21 às 21:30 - Frasqueirão

Escudo ABC
ABC

1

X

1

Escudo Botafogo
BOT

Campeonato Carioca

10/04/21 às 21:05 - Raulino de Oliveira

Escudo Volta Redonda
VRE

2

X

2

Escudo Botafogo
BOT

Quero ver o Rubens Lopes ironizar a Globo agora…

0 comentários

Blog do Mansell

Blog do Mansell

Compartilhe

Rubens Lopes, presidente da Ferj
Úrsula Nery/Ferj

Rubens Lopes, presidente da Ferj, ironizou o Botafogo por se negar a entrar em campo em meio ao processo de pandemia no Rio de Janeiro. Disse que um mau aluno, que não estudou, deseja adiar a prova. Uma postura que não é digna de um presidente de entidade. Nem mesmo o Caixa D´água, um dos mais criticados até hoje, seria capaz de fazer isso com um afiliado. Ironizava dirigentes em algumas ocasiões, mas nunca a entidade. Mas tudo bem. Sabemos que respeito ao próximo não anda em alta no futebol carioca.

Rubens Lopes, presidente da Ferj, e Nelson Mufarrej, presidente do Botafogo, em reunião do Conselho Arbitral
Rubens Lopes, presidente da Ferj, e Nelson Mufarrej, presidente do Botafogo, em reunião do Conselho Arbitral

Mas se respeito ao próximo não anda em alta, vamos ver se coragem está na moda. Quero ver se Rubens Lopes tem coragem de ironizar a Rede Globo, que paga a conta de tudo em termos de Campeonato Carioca. A emissora enviou carta para a Ferj cobrando um protocolo mais seguro do que o apresentado por Rubens Lopes. Chamou o protocolo de “impreciso” e ainda cobrou a presença de Botafogo e de Fluminense em campo. Quer a competição com todos os participantes, como tem que ser.

E agora Rubens Lopes? Vai ironizar quem paga a conta? Vai chamar a Globo de uma aluna ruim? Rola uma ironia no grupo de Whats App? Não vai né? Imaginei. Não dá muito para se surpreender com os dirigentes que mandam no futebol carioca. Boa parte deles está como ator neste decadente cenário político há mais de 30 anos. Além disso parecem parados no tempo. Isso explica a queda de um campeonato que já foi o mais charmoso do Brasil. Mas enquanto não existir uma mudança drástica na Ferj vamos precisar continuar suportando isso.

Comentários