O meia Thiago Galhardo foi oferecido ao Botafogo na última quinta-feira. O jogador deixou recentemente o Vasco após conseguir a sua liberação na Justiça. Ele havia sido afastado na reta final do Campeonato Carioca em meio a uma polêmica envolvendo os atrasos salariais do elenco vascaíno.

O nome de Thiago Galhardo foi descartado pela diretoria do Botafogo. O clube carioca atravessa um delicado momento financeiro, com atrasos salarias e sem verba para investir na chegada de novos reforços.

Thiago Galhardo defendeu as cores do Botafogo entre os anos de 2011 e 2012. Na época, chamou a atenção do Alvinegro após se destacar pelo Bangu. Mas a passagem por General Severiano não deixou muitas saudades.

Navarro foi oferecido e descartado

Além de estar com orçamento curto, o Botafogo não vê a posição em que Thiago Galhardo joga como a mais carente do plantel neste momento. Caso alguma receita apareça, o que é visto como algo pouco provável neste momento pelo clube, o investimento será feito em um centroavante. Recentemente Kieza se transferiu para o Fortaleza.

Por falar em centroavante, Navarro, uruguaio que vestiu a camisa do Botafogo em 2015, durante a disputa da Série B, também foi oferecido e prontamente descartado. O atleta está com 34 anos.

Outro atacante que esteve no radar do clube foi André Luis, que tem vínculo com o Corinthians. Mas o acerto não deverá acontecer.

LEIA TAMBÉM:

Botafogo pode corrigir erro com a saída de Kieza
Mufarrej precisa escutar CEP e Jefferson
Mufarrej precisa escutar CEP e Jefferson. Botafogo agradece!
Botafogo não vai resistir se Mufarrej não mudar
Botafogo que se cuide: Mufarrej é o Rolim sem grife
Botafogo x Juventude: Ninguém lembra do Márcio Rezende de Freitas
Botafogo e a necessidade de buscar reforços
Botafogo sofreu com a falta de vontade. Custou caro!
O trabalho de Zé Ricardo no Botafogo é fraco?
Mercado da bola me faz lembrar tempos de Emil no Botafogo
Moreira Salles no Botafogo: clube já viveu épocas douradas
Irmãos Moreira Salles em General: Esse é o Botafogo que eu conheço
Botafogo precisa de um nome de peso para o ataque
Novo modelo de gestão é para ontem

Fonte: Redação FogãoNET