Ex-ministro da Secretaria-Geral da Presidência, demitido nesta segunda-feira pelo presidente da República Jair Bolsonaro após “incompreensões e questões mal-entendidas”, o advogado Gustavo Bebianno (54) tem uma ligação especial com o Botafogo. Gustavo é neto de Adhemar Bebiano, ex-presidente do clube alvinegro em meados do século XX.

Adhemar Bebiano, com 1 “n” mesmo, esteve à frente do Botafogo de 1944 a 1947. Foi o segundo mandatário do Botafogo de Futebol e Regatas, depois da fusão do Botafogo Football Club com o Club de Regatas Botafogo, que aconteceu no dia 8 de dezembro de 1942.

O avô de Gustavo Bebianno recebeu uma homenagem da Prefeitura do Rio de Janeiro em 2001, quando passou a dar nome à antiga Estrada Velha da Pavuna, hoje Estrada Adhemar Bebiano.

Adhemar Bebianno, ex-presidente do Botafogo

Veja abaixo a lista de todos os presidentes do Botafogo FR:

– 1942-1943: Eduardo de Góes Trindade
– 1944-1947: Adhemar Alves Bebianno
– 1947: Oswaldo Costa
– 1948-1951: Carlos Martins da Rocha
– 1952-1953: Ibsen De Rossi
– 1954-1963: Paulo Antônio Azeredo
– 1964-1967: Ney Cidade Palmeiro
– 1968-1972: Althemar Dutra de Castilho
– 1973-1975: Rivadávia Corrêa Meyer Jr.
– 1976-1981: Charles Borer
– 1982-1983: Juca Mello Machado
– 1983-1984: Emmanuel Sodré Viveiros de Castro
– 1985-1990: Althemar Dutra de Castilho
– 1991-1992: Emil Pinheiro
– 1992: Jorge Aurélio Ribeiro Domingues
– 1992-1993: Mauro Ney Machado Monteiro Palmeiro
– 1994-1996: Carlos Augusto Saad Montenegro
– 1997-1999: José Luiz Rolim
– 2000-2002: Mauro Ney Machado Monteiro Palmeiro
– 2003-2008: Paulo Roberto de Freitas
– 2009-2011: Maurício Assumpção Souza Junior
– 2011-2014 – Maurício Assumpção Souza Junior
– 2015-2017 – Carlos Eduardo Cunha Pereira
– 2018-2020 – Nelson Mufarrej